Serasa: procura por crédito cai 7,4% no primeiro semestre

:: Da redação10 de julho de 2012 14:49

Serasa: procura por crédito cai 7,4% no primeiro semestre

:: Da redação10 de julho de 2012

Em mais um indicador que evidencia tanto o endividamento quanto a precaução do consumidor e das famílias brasileiras frente ao ambiente econômico, a Serasa Experian divulgou, na manhã desta terça-feira, que o número de interessados em obter crédito no comércio caiu 7,4% no primeiro semestre. Trata-se da maior queda de 2008, quando o índice começou a ser apresentado.
O indicador não mostra o pleno impacto da aceleração da redução dos juros, adotada pelo governo federal a partir de maio passado. No período janeiro-abril, portanto, o ambiente avaliado ainda era o redução mais lenta das taxas.
De acordo com a Serasa, a retração pela busca de crédito se apresenta em quase todas as faixas de renda, tendo, como única exceção, a faixa de renda inferior a R$ 500 por mês, quie apresentou alta de 2%. Para a Serasa, a exceção deve-se, principalmente à maior renda proporcionada pelo aumento do salário mínimo.
Nas outras faixas de remuneração mensal, o comportamento foi o seguinte: 1) mais de R$ 10 mil, queda de 7,5% no semestre; 2) entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, recuo de 8,1%; 3) renda entre R$ 2 mil a R$ 5 mil, baixa de 8,8%; 4) R$ 1 mil a R$ 2 mil, queda de 8,4%; e 5) de R$ 500 a R$ 1 mil, redução de 8,6%.

Na análise por região, ainda considerando os primeiros seis meses do ano, as quedas menos expressivas foram encontradas naquelas de menor renda. Nas regiões Norte e Nordeste houve variação de -0,3% e -4,7%, respectivamente. Na Centro-Oeste, a redução da demanda dos consumidores por crédito foi 5,4%. No Sudeste e no Sul, houve queda de 8,6% e 9,1%, respectivamente.
No comparativo mensal, considerando o mês de junho ante maio, a queda na procura por crédito ficou em 2,1%. Quando comparado o sexto mês de 2012 a junho de 2011, houve retração de 6,6%.

(Com informações da Agência Brasil)

Leia também