Sociedade deve fiscalizar para coibir a corrupção, diz Ângela Portela

:: Da redação21 de março de 2012 14:49

Sociedade deve fiscalizar para coibir a corrupção, diz Ângela Portela

:: Da redação21 de março de 2012

O combate à corrupção exige que todos os brasileiros façam sua parte: “O Governo, como vem fazendo, investigando os desmandos. O Poder Judiciário punindo os malfeitos. E a sociedade, fiscalizando administrações e seus dirigentes”. O apelo é da senadora Ângela Portela (PT-RR), que na última terça-feira (20/03) destacou, na tribuna do Senado, a indignação sentida pela maioria dos cidadãos diante das denúncias de fraudes em licitações para compra de materiais e serviços num hospital público no Rio de Janeiro, conforme denúncia do programa Fantástico, da Rede Globo.

“O que estamos vendo, desde domingo à noite, é uma aula de desonestidade e cinismo que exige uma posição imediata dos Poderes constituídos”, afirmou a senadora, lembrando que enquanto empresários desonestos “assaltam os cofres públicos, sem uma única dor de consciência, centenas de mulheres grávidas, crianças, adolescentes e idosos morrem em filas ou em leitos de hospitais desestruturados”.

Ângela expressou confiança nas medidas que já vêm sendo tomadas pelo governo da presidenta Dilma e nas investigações já iniciadas pela Polícia Federal e destacou que as condições da saúde pública brasileira têm mudado muito, nos últimos anos, graças às ações e investimentos do Governo Federal. Entretanto, ainda há muito a fazer para universalizar o acesso ao direito à saúde, assegurado na Constituição Brasileira.

A senadora lembrou que a desigualdade no acesso aos serviços de saúde não se limita às diferenças de poder aquisitivo, mas também de gênero, raça e grau de escolaridade.

Ângela Portela destacou a importância de a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil ter escolhido a saúde pública como tema da Campanha da Fraternidade de 2012, chamando a atenção para esse direito humano e constitucional.

Leia também