Ensino Gratuito

Sugestão do Banco Mundial é desrespeito à soberania nacional

"Dizer não à privatização da universidade é reafirmar a concepção de educação que o ParlaSul defende: educação como um direito", defende a senadora
:: Assessoria da senadora Fátima Bezerra28 de novembro de 2017 13:01

Sugestão do Banco Mundial é desrespeito à soberania nacional

:: Assessoria da senadora Fátima Bezerra28 de novembro de 2017

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) manifestou, ontem (27), em Foz do Iguaçu (PR), sua indignação contra a intromissão do Banco Mundial nas políticas públicas brasileiras.

Em relatório apresentado na semana passada, intitulado “Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, o órgão sugere, entre outras medidas, o fim do ensino superior público gratuito no Brasil.

“Isso é um atrevimento; um desrespeito à soberania nacional”, criticou.

Fátima sugeriu que os membros do ParlaSul repudiem a recomendação indevida do Banco Mundial afirmando que a cidadania da juventude brasileira seria ameaçada com a privatização das universidades públicas do País.

Confira a íntegra da matéria

Leia também