Pesar

Tabaré Vázquez: o Uruguai perde um líder; o Brasil, um amigo

PT no Senado lamenta morte do ex-presidente do Uruguai e destaca legado na luta por uma América Latina livre e soberana
:: Catharine Rocha6 de dezembro de 2020 14:23

Tabaré Vázquez: o Uruguai perde um líder; o Brasil, um amigo

:: Catharine Rocha6 de dezembro de 2020

A notícia sobre o falecimento do ex-presidente uruguaio Tabaré Vázquez, na madrugada deste domingo (6), foi recebida com tristeza pelos senadores do Partido dos Trabalhadores. A morte de Vázquez, que concluiu seu segundo mandato à frente da pequena nação sul-americana há apenas nove meses, foi anunciada pelo seu partido, o Frente Ampla. Ele lutava contra um câncer de pulmão. O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho (SE), e os colegas Humberto Costa (PE) e Jaques Wagner (BA) usaram as redes sociais para manifestar solidariedade e lembrar a trajetória do político amigo.

Rogério foi o primeiro a se manifestar e ressaltou o “gigantismo” do uruguaio. “Tabaré foi o primeiro líder de esquerda eleito presidente do Uruguai depois da ditadura. Exemplo de integridade política, ética, compromisso com a América Latina e amigo do Brasil”, escreveu o líder. “Obrigado por tudo Tabaré! Sentimentos à sua família, aos amigos frente-amplistas e a todos os amigos. América Latina perde um gigante”, completou.

Humberto e Jaques também destacaram o papel “fundamental na luta por uma América Latina livre, unida e democrática” de Tabaré Vázquez. Humberto recordou que, além de político, Tabaré era médico por formação e sempre “atuou para reforçar o sentimento de amizade com o Brasil”. Jaques ofereceu “solidariedade ao povo uruguaio” e finalizou dizendo: “fará sem dúvida uma enorme falta! Tabaré, presente!”

Em nota, o ex-presidente Lula também falou de seu pesar. Lembrou que Tabaré foi, por duas vezes (de 2005 a 2010 e de 2015 a 2020), presidente do Uruguai. Em uma dessas oportunidades, Lula e o ex-presidente uruguaio governaram na mesma época, período, que segundo o brasileiro, guarda “boas memórias”. “[Tabaré] governou com sabedoria e competência, deixando um legado de democracia, desenvolvimento e avanços sociais no nosso querido país vizinho”, registrou.

“Hoje perdi um amigo querido meu e do Brasil. Minha solidariedade e sentimentos aos familiares, amigos e ao povo uruguaio, que preservará a memória e o legado de Tabaré Vázquez”, encerrou Lula.

Leia também