Taxa de juros ao consumidor fica no menor nível em 5 meses

:: Da redação24 de maio de 2013 18:21

Taxa de juros ao consumidor fica no menor nível em 5 meses

:: Da redação24 de maio de 2013

A redução da inadimplência é o que explica a queda dos juros

Em abril, após uma diminuição mais acentuada em março, a taxa média dos juros cobrados no cheque especial e no crédito pessoal caiu 0,12 ponto percentual, de 24,42% (ao ano) em março para 24,3% em abril. O valor representa seu menor patamar desde novembro de 2012, quando era de 25,08% ao ano. Há um ano, a taxa média anual era de 29,3%. As informações são do Banco Central.

Quando considerados apenas os juros do crédito livre, que excluem operações direcionadas, como a maioria do crédito imobiliário, a redução foi da mesma magnitude, para 34,4% ao ano.

Segundo o chefe do departamento econômico do BC, Tulio Maciel, a redução da inadimplência é o que explica a queda dos juros nesse segmento nos últimos dois meses. A menor inadimplência provocou uma redução do spread –que é a diferença entre o custo de captação dos bancos e quanto ele cobra de juros dos seus clientes– nos últimos meses, possibilitando a redução dos juros, explicou Maciel. “O spread está recuando porque o quadro de inadimplência nesse segmento de pessoas físicas, que era mais crítico em 2012, está melhor. Então é isso que está permitindo que o spread recue”, disse.

Os spreads cobrados no crédito livre aos consumidores acumulam queda de 0,7 ponto percentual nos últimos três meses, mas apresentaram leve alta em abril, de 0,1 ponto percentual. Já a taxa de inadimplência desse segmento vem caindo gradualmente desde dezembro e ficou em 7,5% no mês passado.

No caso das empresas, o percentual de inadimplência é mais baixo (3,7% no caso do crédito livre, em abril).

No total, os empréstimos cresceram em abril em ritmo mais lento do que em março. O estoque de operações de crédito aumentou 1,1% em relação ao mês anterior, totalizando R$ 2,453 trilhões. Em 12 meses, a alta acumulada é de 16,4%.

Informações de agências online

Leia também