Teixeira quer pedir bloqueio dos bens da organização de Cachoeira

:: Da redação17 de setembro de 2012 20:47

Teixeira quer pedir bloqueio dos bens da organização de Cachoeira

:: Da redação17 de setembro de 2012

Para evitar que a organização criminosa de Carlinhos Augusto de Almeida Ramos – o Cachoeira – se desfaça do patrimônio adquirido com dinheiro da contravenção, o vice-presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), deputado Paulo Teixeira (PT-SP), está disposto a  pedir o bloqueio dos bens. Teixeira confirmou nesta segunda-feira (17/09), que vai acionar o presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), para oficializar pedido. “Vamos conversar com o presidente da CPMI para que solicitemos ao Ministério Público de Goiás o bloqueio dos bens dos envolvidos com a organização criminosa ainda nesta semana”, disse.

Paulo Teixeira já defendia o sequestro e indisponibilidade do patrimônio dos cabeças da organização. Agora, depois da divulgação de matérias pela imprensa neste final de semana informando que José Olímpio Queiroga Neto – um dos operadores do esquema do bicheiro – estaria se movimentado para vender propriedades no DF e no Entorno, o vice-presidente da CPMI considera a medida ainda mais importante. “Eles estão buscando outros meios de sobreviver. O bloqueio dos bens vai estrangular economicamente a quadrilha liderada por Carlos Cachoeira”, avaliou.

No mês passado, os procuradores Léa Batista e Daniel Rezende, que conduziram as operações Vegas e Monte Carlo, alertaram os membros da CPMI do Cachoeira que a organização liderada pelo contraventor continua articulada. Eles disseram, em depoimento à comissão, que o caminho para sufocar a organização criminosa seria a centralidade na evolução patrimonial da organização criminosa.

 

Com informações do site do PT na Câmara

Leia também