Terceira etapa do Minha Casa Minha Vida tem meta de 3 milhões de casas

Presidenta Dilma anunciará a fase 3 do programa habitacional nesta quinta-feira

:: Da redação28 de maio de 2014 18:02

Terceira etapa do Minha Casa Minha Vida tem meta de 3 milhões de casas

:: Da redação28 de maio de 2014

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Mais três milhões de moradias serão construídas na terceira etapa do programa Minha Casa Minha Vida, que deverá ser lançada nesta quinta-feira (29) pela presidenta Dilma Rousseff. A segunda fase do programa, que está em vigor, já entregou 1,690 milhões de unidades habitacionais, só neste ano, de um  total previsto de 2,75 milhões de residências até o final de 2014.

A terceira etapa prevê um investimento de mais de R$ 130 milhões. “O meu governo vai garantir a continuidade do Minha Casa, Minha Vida”, assegura a presidenta, para quem o programa já acumula “grande experiência e capacidade de realização”. Entre 2011 e 2013, foram investidos R$ 328,1 bilhões no programa.

A data do lançamento da terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida foi definida na semana passada, em reunião da presidenta com os ministros ligados ao programa e representantes da construção civil.

O Minha Casa, Minha Vida financia casas e apartamentos para famílias com renda até R$ 5 mil por mês. As condições do financiamento variam de acordo com a renda familiar. O programa foi criado em 2008, quando Dilma era ministra-chefe da Casa Civil no governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os recursos do orçamento são do orçamento do Ministério das Cidades, repassados para a Caixa Econômica Federal, que é o agente operacional do programa.

Em 2012, o Minha Casa Minha Vida teve um impacto estimado em 0,8 % no Produto Interno Bruto do país, gerando 1,4 milhão de postos de trabalho formais, viabilizados pela superação da marca de dois milhões de unidades contratadas.

Com agências online

Leia também