Menos Direitos

Teto derrubou gastos com saúde e educação em 2017

No primeiro ano de vigência da regra do teto de gastos, como já era esperado, os gastos com saúde e educação despencaram no Brasil
:: Brasil 2477 de Fevereiro de 2018 08:18

Teto derrubou gastos com saúde e educação em 2017

:: Brasil 2477 de Fevereiro de 2018

Graças ao pacote de maldades imposto por Michel Temer, as despesas do governo com saúde e educação caíram 3,1% no ano passado em relação a 2016, se descontada a inflação; governo havia prometido que as duas áreas teriam no ano passado um volume de gastos maior do que em 2016, o que não ocorreu; expectativa é que os desembolsos caiam ainda mais a partir de agora.

O volume desembolsado em 2017 passará a ser corrigido pela inflação a partir deste ano até a vigência da regra do teto.

Na saúde, o gasto efetivo foi de R$ 107,2 bilhões, quando o piso estabelecido era de R$ 109 bilhões.

Confira a íntegra da matéria

Leia também