ENTREGUISMO

Trabalhadores fazem greve contra a venda da Eletrobras

Nesta terça (17), trabalhadores aderem greve que pede saída de presidente da companhia
:: CUT17 de julho de 2018 10:39

Trabalhadores fazem greve contra a venda da Eletrobras

:: CUT17 de julho de 2018

Cerca de 23 mil trabalhadores e trabalhadoras da geração, transmissão e distribuição de energia do sistema Eletrobras dos 26 estados do País mais o Distrito Federal (DF) fazem uma greve de advertência de 24 horas nesta terça-feira (17), em protesto contra venda e desmonte da estatal promovidos por Michel Temer.

No Dia Nacional de Luta contra a Privatização do Sistema Eletrobras, a categoria reivindica ainda a saída do atual presidente da estatal, Wilson Ferreira Pinto Jr., que tem trabalhado para privatizar a empresa que concentra 31% da capacidade brasileira de geração de energia e é a 16ª maior companhia do mundo.

Outra paralisação, mas de 48 horas, está marcada para o dia 26 de julho (quinta-feira) caso seja mantido o leilão das seis distribuidoras de energia das regiões Norte e Nordeste, que Temer quer vender por R$ 50 mil cada uma, além de assumir uma dívida de R$ 11 bilhões.

Confira a íntegra da matéria

Leia também