Papel na história

Veja quem votou contra os direitos da classe trabalhadora

Foram 14 votos favoráveis ao projeto do governo golpista e 11 contrários em defesa dos direitos da classe trabalhadora
:: Da redação7 de junho de 2017 11:20

Veja quem votou contra os direitos da classe trabalhadora

:: Da redação7 de junho de 2017

A reforma trabalhista foi aprovada em um placar apertado na noite dessa terça-feira (6) no primeiro colegiado que analisou a iniciativa no Senado – a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Foram 14 votos favoráveis contra 11 contrários.

Além dos citados abaixo, vale registrar a ausência do titular Telmário Mota (PTB-RR), até ontem contrário a proposta do governo. na sua ausência, o suplente votou a favor da proposta do governo.

O senador Omar Aziz (PSD-AM) também não compareceu, deixando a vaga aberta para o suplente votar contra os trabalhadores e trabalharas.  “Discordo dessa reforma trabalhista e deixei isso claro no Senado”, escreveu Aziz em seu perfil de Facebook, no dia 30 de maio.  Segundo o Drive, informativo do jornalista Fernando Rodrigues,  no dia de 2 de junho, sexta-feira, o governo nomeou indicado de Aziz  para cargo da Suframa, em Manaus.

Ainda, a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) abriu mão de seu voto em favor do senador Romero Jucá na votação da emenda da senadora Vanessa Grazziotin em defesa de ambiente de trabalho adequado para as trabalhadoras gestantes e lactantes. Jucá votou contra a emenda, ou seja, contra a saúde das mulheres.

Quem votou a favor da reforma e contra a classe trabalhadora:

1. GARIBALDI ALVES FILHO (PMDB-RN)
2. RAIMUNDO LIRA (PMDB-PB)
3. SIMONE TEBET (PMDB-MS)
4. VALDIR RAUPP (PMDB-RO)
5. ROMERO JUCÁ (PMDB-RR)
6. RICARDO FERRAÇO (PSDB-ES)
7. JOSÉ AGRIPINO (DEM-RN)
8. ATAÍDES OLIVEIRA (PSDB-TO)
9. SÉRGIO PETECÃO (PSD-AC)
10. BENEDITO DE LIRA (PP-AL)
11. FERNANDO BEZERRA COELHO (PSB-PE)
12. WELLINGTON FAGUNDES (PR-MT)
13. ARMANDO MONTEIRO (PTB-PE)
14. CIDINHO SANTOS (PR-MT)

Quem votou contra a reforma e a favor da classe trabalhadora: 

1. GLEISI HOFFMANN (PT-PR)
2. ÂNGELA PORTELA (PDT-RR)
3. HUMBERTO COSTA (PT-PE)
4. JORGE VIANA (PT-AC)
5. JOSÉ PIMENTEL (PT-CE)
6. LINDBERGH FARIAS (PT-RJ)
7. KÁTIA ABREU (PMDB-TO)
8. OTTO ALENCAR (PSD-BA)
9. LÍDICE DA MATA (PSB-BA)
10. VANESSA GRAZZIOTIN (PCDOB-AM)
11. ROBERTO REQUIÃO (PMDB-PR)

Leia também