Wellington comemora ampliação de médicos no Piauí

O senador participou discutiu com a União expansão das vagas dos cursos e de concursos de medicina.

:: Da redação13 de junho de 2012 18:45

Wellington comemora ampliação de médicos no Piauí

:: Da redação13 de junho de 2012

A abertura do Hospital Universitário de Teresina (HU) e a expansão das vagas de medicina foram temas de reuniões realizadas, nessa terça-feira (12/06), no Ministério da Educação (MEC) e Ministério do Planejamento. O senador Wellington Dias (PT-PI) e o governador do Estado, Wilson Martins, estiveram com o secretário de Revisão de Ensino Superior, Jorge Rodrigo, com o secretário-executivo do MEC, Henrique Paim, e com o diretor do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais do Ministério do Planejamento, Murilo Barella, para tratar dos assuntos.

Os municípios de Picos, Bom Jesus e Floriano estão pleiteando a oferta de vagas do curso de medicina. Estudo de viabilidade do MEC colocava Picos com apenas 140 leitos e a legislação determina o mínimo de cinco leitos por vagas e cinco de residência, esta última podendo ser instalada mediante projeto de ampliação. Uma atualização das informações repassadas ao MEC será feita, pois há novos leitos hospitalares em construção na cidade de Picos. O secretário-executivo do MEC, Henrique Paim, disse que o Piauí tem menos de um médico para cada mil habitantes. Com base nisso, o ministro poderá priorizar Picos. “Consta no processo pedido feito quando eu ainda era governador e o pleito do governador Wilson. O MEC considera o município de Picos adequado, precisando apenas atender a legislação”, declarou o senador, destacando importância de mais vagas no ensino superior público do Piauí.

HU – Quanto ao Hospital Universitário, a previsão é de lançamento do edital de concurso ainda neste mês. Segundo Paim, este é o primeiro hospital a funcionar no novo modelo de gestão hospitalar, através da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e o primeiro a aderir.

Na próxima semana, o reitor da UFPI, Luiz Júnior, deverá se reunir com o presidente da EBSERH, José Rubens Rebelatto, e secretários do MEC para definir o quadro de cargos e vagas. No Ministério do Planejamento, será apresentada proposta do planos de cargos e salários da empresa e do HU. “O presidente da empresa acredita que levará seis meses o processo de elaboração do edital, realização do concurso e de curso de formação dos novos servidores”, afirmou Wellington Dias.

“Não tem sentindo depois de todo investimento feito, o Hospital não funcionar. Entendemos que é uma modalidade nova, um empresa inovadora criada no Brasil e teremos, no Piauí, uma experiência pioneira. Todo um esforço temos feito aqui, juntamente com a bancada do Piauí, especialmente a do PT, deputados estaduais e reitor, para garantir o pleno funcionamento do HU”, finaliza o senador.

Assessoria de Imprensa do senador Wellington Dias

Leia também