Wellington: PT respeita a proporcionalidade partidária

Novo líder do PT e do Bloco de Apoio ao Governo disse ser preciso respeitar a Constituição Brasileira.

:: Da redação1 de fevereiro de 2013 15:15

Wellington: PT respeita a proporcionalidade partidária

:: Da redação1 de fevereiro de 2013

O líder do PT e do Bloco de Apoio ao Governo, senador Wellington Dias (PT-PI), afirmou, em discurso na tribuna do Senado, que faz parte do processo democrático o maior partido da Casa indicar seu presidente. Como as urnas conferiram a maior bancada ao PMDB no Senado – são

8436079262_89b045070c

Wellington é o novo líder do PT

vinte senadores – o Partido dos Trabalhadores respeitará o regimento interno e irá apoiar a indicação do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) ao cargo de presidente do Senado. “O PT é a segunda maior bancada [doze senadores] e, seguindo as regras, indicamos o senador Jorge Viana (PT-AC) para a primeira vice-presidência e a senadora Ângela Portela (PT-RR) para a segunda secretaria da Mesa Diretora”, afirmou.

Wellington Dias afirmou que o Senado é um poder plural, onde o presidente tem a tarefa de conduzir os trabalhos legislativos, mas é o plenário quem dá a palavra final. Portanto, como é composto por vários partidos, é a Constituição, o regimento interno quem determina como se dá a composição a partir da representação dos partidos, respeitando aquilo que o povo estabeleceu em cada um dos estados. “A proporcionalidade significa isso, por direito e por tradição seguida pelo Senado. É assim que vejo a candidatura do senador Renan Calheiros. E a nossa bancada, por unanimidade, tomou a decisão de respeitar essa proporcionalidade, não só em relação ao PMDB, mas também aos demais partidos”, declarou.

Elogio
Em nome da bancada do PT no Senado, Wellington Dias elogiou a condução dos trabalhos sob o comando do senador José Sarney (PMDB-AP) que hoje deixa a presidência do Senado, “pela forma sincera, harmônica e serena com que enfrentou os desafios em 2011 e 2012. “Foram cerca de 1.500 proposições aprovadas nesta Casa e é bom que o povo saiba disso. Proposições que mudam a vida do Brasil. Na área social, aprovamos programas como o Brasil Carinhoso encaminhado pela presidenta Dilma Rousseff. Também aprovamos outros projetos, alguns que eram complexos, como os do pacto federativo. Foram decisões difíceis por causa da crise mundial. Por isso, externamos nosso agradecimento pela forma que conduziu os trabalhos, em meu nome e em nome da bancada do Partido dos Trabalhadores”, disse o líder.

Marcello Antunes

Confira discurso do líder do PT no Senado, senador Wellington Dias (PT-PI)
{youtube}cwNQfuXnDEg{/youtube} 

 

Leia também