greve de fome

Após pressão, STF libera entrada de grevistas

Ato contou com Gleisi Hoffmann, Paulo Pimenta, Lindbergh Farias e outras lideranças do PT
:: Agência PT de Notícias8 de agosto de 2018 09:50

Após pressão, STF libera entrada de grevistas

:: Agência PT de Notícias8 de agosto de 2018

Após oito dias em ato extremo pela liberdade de Lula, os manifestantes que fazem greve de fome em Brasília foram autorizados a adentrar o prédio do Supremo Tribunal Federal (STF). O ato contou com a presença da senadora e presidenta nacional do PT Gleisi Hoffmann e outras lideranças parlamentares do partido.

Gleisi e Lindbergh Farias ajudaram os manifestantes a se levantarem e caminharam de braços dados com eles até a entrada do prédio. Também marcaram presença os deputados, Henrique Fontana, Marcon,  Luiz Couto, Assis Carvalho e Elvino Bohn Gass.

Na visão da senadora Gleisi Hoffmann essa situação é reflexo da crise institucional que o país atravessa desde o golpe e os grevistas representam o sofrimento brasileiro. “Os parlamentares são impedidos de entrar num prédio público, nunca fizemos isso com juízes no Supremo. Eles precisam entender que são servidores do povo e tinham que nos receber para saber o que queremos falar. Só quem tem muito medo faz esse tipo de coisa”, disse.

Confira a íntegra da matéria

 

 

 

Leia também