Golpe nos pobres

Antes do reajuste, governo corta beneficiários do Bolsa Família

“Esse golpe está destruindo o País e matando nosso povo”, denuncia o senador Lindbergh Farias (PT-RJ)
:: Rafael Noronha2 de Maio de 2018 16:34

Antes do reajuste, governo corta beneficiários do Bolsa Família

:: Rafael Noronha2 de Maio de 2018

Antes do anúncio de reajuste nos benefícios do Bolsa Família, feito na última segunda-feira (30), o Ministério do Desenvolvimento Social fez o segundo maior desligamento de beneficiários da história do programa. Em abril, foram desligadas 382 mil famílias. Entre junho e julho do ano passado, também na gestão Temer, foram desligadas 543 mil famílias do programa, no maior corte ocorrido até o momento.

Na avaliação do líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), o movimento de retirada de famílias do programa num momento de crise e aumento da taxa de desemprego mostra a falta de preocupação do governo com as camadas mais vulneráveis da sociedade.

“Esse golpe está destruindo o País e matando nosso povo. Além do número de desempregados estar crescendo, vemos o aumento da pobreza extrema. Só em 2017, mais de 1,5 milhão de pessoas voltou para a miséria no nosso País. Lula e Dilma tinham tirado mais de 30 milhões de pessoas da pobreza extrema”, destacou.

Além disso, na última semana, pesquisa do IBGE mostrou que em decorrência do aumento do preço do gás de cozinha, no ano de 2017, mais de um milhão de pessoas voltou a cozinhar com lenha ou carvão.

Também na última semana, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua), mostrou que o índice de desemprego no País subiu e chegou a 13,1% no trimestre compreendido entre janeiro e março deste ano, alcançando 13,7 milhões de brasileiros. Essa foi a terceira alta consecutiva do índice.

“É triste ver o que estão fazendo com o País. É uma destruição gigantesca num espaço muito pequeno de tempo. Conseguiram fazer tudo isso num espaço de dois anos. É um escândalo. O golpe está levando o povo a uma situação de pobreza extrema. Estão matando nosso povo. É preciso derrotar esse golpe”, enfatizou Lindbergh.

Leia também