“Bolsa Família planetário”: Bono dá dimensão da liderança de Lula

:: Da redação10 de abril de 2013 21:59

“Bolsa Família planetário”: Bono dá dimensão da liderança de Lula

:: Da redação10 de abril de 2013

A proposta do cantor Bono Vox, líder da banda irlandesa U2, de construir um “Bolsa Família planetário” dá a dimensão da liderança alcançada pelo ex-presidente Lula Inácio, não só no Brasil, mas no plano internacional, avalia o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), que em seu pronunciamento ao Plenário, nesta quarta-feira, destacou o encontro do ex-presidente com o roqueiro, conhecido mundialmente por seu engajamento em causas sociais.

Suplicy, destacou a declaração de Bono, que classificou Lula como “o único interlocutor capaz de falar com capitalistas e comunistas, ricos e

  Suplicy elogiou o trabalho de busca ativa para
  localizar as famílias que ainda não foram
  contempladas pelos programas sociais

pobres”. O roqueiro irlandês encontrou-se com Lula em Londres, na última terça-feira (9), e propôs um esforço conjunto entre a organização não-governamental que dirige, a ONE, e o Instituto Lula, mantido pelo ex-presidente.

O senador paulista lembrou que o Brasil foi o primeiro País do mundo a aprovar em seu Congresso Nacional a instituição de um programa Renda Básica de Cidadania, a partir de um projeto do próprio Suplicy. O programa dará direito a “toda e qualquer pessoa”, independente até da condição socioeconômica, de ter uma renda mensal. Suplicy foi o autor do projeto que deu origem

Ele elogiou o trabalho de busca ativa para localizar as famílias que ainda não foram contempladas pelos programas sociais ou não recebem o suficiente para alcançar o mínimo de R$ 70 por pessoa. “Todos somos conclamados a verificar se, em algum lugar de nosso País, há alguma família que por ventura preenche os requisitos do programa Bolsa-Família, mas ainda não está inscrito e recebendo aqueles benefícios”, disse.

 

Leia mais:

Bono desafia Lula: vamos fazer juntos um Bolsa Família planetário

 

Leia também