Segurança Nacional

Bolsonaro está tornando o Brasil mais perigoso, alerta Humberto

Embaixada dos EUA no Brasil emite alerta de segurança para norte-americanos em território brasileiro, Líder do PT lamenta que postura irresponsável prejudique a segurança nacional
:: Cyntia Campos8 de janeiro de 2020 15:04

Bolsonaro está tornando o Brasil mais perigoso, alerta Humberto

:: Cyntia Campos8 de janeiro de 2020

O posicionamento belicoso do presidente Jair Bolsonaro “está tornando o Brasil um país mais perigoso”, alerta o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE). “Bolsonaro altera lógica da tradição diplomática brasileira e cria riscos desnecessários à segurança nacional”, avalia o senador.

Na última terça-feira (7), o Irã decidiu expulsar o embaixador brasileiro no país, insatisfeito com as explicações a respeito das manifestações de Bolsonaro sobre o assassinato do general Qassim Suleimani. Também na terça-feira, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil emitiu um alerta de segurança a seus cidadãos, recomendando “cuidados extras” quando estiverem em território brasileiro.

“Cuidados extras” para os norte-americanos
No comunicado, a Embaixada dos EUA orienta os norte-americanos no Brasil a “manterem a discrição, estarem alertas sobre seu entorno, ficarem alertas em locais frequentados por turistas, reverem seus planos de segurança pessoal e terem documentos de viagem atualizados e facilmente acessíveis”.

Humberto critica a postura adotada pelo governo brasileiro diante do novo conflito internacional deflagrado pelos Estados Unidos.

Qassim Suleimani era um herói nacional do Irã e responsável, de fato, pela política externa daquele país. Ele foi morto em um ataque de drone ordenado pelo presidente dos EUA, Donald Trump no dia 3 de janeiro.

Na sequência do atentado norte-americano, Bolsonaro manifestou apoio ao ato de Trump, que classificou como uma medida de “combate ao terrorismo”.

Irresponsável
O senador Humberto Costa lembra que Bolsonaro tem contrariado orientação de militares e técnicos da área econômica que alertam para o risco do alinhamento automático com Estados Unidos. “Irresponsável, ele quer arrastar o pais para uma briga que não é nossa e que contraria os interesses nacionais”, avalia o líder do PT.

Humberto comparou a postura bravateira e inconsequente de Bolsonaro com a lucidez do ex-presidente Lula, que recusou envolver o Brasil em conflitos que só interessavam aos EUA.

“No tempo de Lula, o Brasil tinha a fome como inimigo”, citou o senador, lembrando a declaração de Lula ao então presidente dos EUA, George W. Bush, que queria apoio brasileiro para invadir o Iraque.

Leia também