Reforma trabalhista

Brasil pode entrar em lista da OIT por violar convenções

Reforma trabalhista é novamente denunciada na Organização Internacional do Trabalho
:: CUT23 de maio de 2018 15:50

Brasil pode entrar em lista da OIT por violar convenções

:: CUT23 de maio de 2018

O Brasil pode entrar na lista dos 24 casos mais graves de violações das convenções e recomendações da Organização Internacional do Trabalho (OIT) cometidos por empresas e governos em todo o mundo, que serão investigadas na Comissão de Aplicação de Normas (CAN). A decisão ocorrerá durante a 107ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT, que será realizada em Genebra, Suíça, entre os dias 28 de maio e 8 de junho. A conferência vai reunir representantes de trabalhadores, empregadores e governos do mundo inteiro para debater políticas e normas para as relações laborais em nível global.

A colocação do Brasil na lista curta de 24 casos mais graves de violações das convenções e recomendações da OIT, por meio da análise das violações mais graves contra os direitos da classe trabalhadora, é a prioridade número 1 do movimento sindical internacional que se uniu à CUT Brasil nas denúncias contra de violações dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras impostas pela reforma Trabalhista, explica o secretário de Relações Internacionais da CUT, Antônio Lisboa.

Confira a íntegra da matéria

 

Leia também