Perseguição Religiosa

CDH vai ao RJ apurar denúncias de intolerância religiosa

A situação tem piorado no Rio, onde autoridades identificaram perseguição de traficantes a pais e mães de santo
:: PT na Câmara19 de outubro de 2017 09:11

CDH vai ao RJ apurar denúncias de intolerância religiosa

:: PT na Câmara19 de outubro de 2017

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), liderada por seu presidente, deputado Paulão (PT-AL), e pela deputada Benedita da Silva (PT-RJ) realiza missão nestas quinta e sexta-feira (19 e 20) no Rio de Janeiro. São duas agendas distintas, mas que se referem a graves violações de Direitos Humanos: apuração de denúncias sobre intolerância religiosa e um debate com autoridades sobre a Súmula 70.

A primeira agenda, com a temática da intolerância religiosa, parte das dezenas de denúncias recebidas pela CDHM de violência contra manifestações de determinadas religiões, como apedrejamento de candomblecistas e umbandistas, queima de terreiros e restrição à entrada de seguidores de religiões de matriz africana em determinados espaços. A situação tem piorado no Rio de Janeiro, onde as autoridades identificaram a perseguição de traficantes de drogas a pais e mães de santo.

Confira a íntegra da matéria

Leia também