Mais desemprego

Atividade industrial caiu em 2019, diz CNI

O rendimento médio real pago aos trabalhadores da indústria caiu 1,3% em dezembro, relata publicação da CNI
:: Cyntia Campos3 de fevereiro de 2020 18:06

Atividade industrial caiu em 2019, diz CNI

:: Cyntia Campos3 de fevereiro de 2020

O “fraco desempenho da atividade industrial” em 2019 foi confirmado por mais uma queda do setor no último mês do ano passado, “em especial no mercado de trabalho”, que recuou 0,1% em dezembro e acumulou uma queda de 0,3% em relação a 2018.

As informações são da Conferência Nacional da Indústria (CNI), que divulgou nesta segunda-feira (3) seu boletim mensal Indicadores Industriais. Esta edição de fevereiro traz números consolidados de todo o ano de 2019, além da análise da atividade industrial no último mês de dezembro.

Indicadores negativos
Segundo a CNI, os indicadores de dezembro na indústria foram “majoritariamente negativos na comparação com novembro. De seis elementos acompanhados pelos técnicos da confederação, cinco tiveram queda: faturamento real, horas trabalhadas na produção, emprego na indústria, rendimento médio do trabalhador industrial e uso da capacidade instalada.

Apenas a massa salarial real registrou alta na comparação com novembro, aponta a CNI. Esse índice corresponde à média do total pago em salários dividido pelo número de pessoas empregadas na indústria. Mas “o rendimento médio real pago aos trabalhadores da indústria caiu 1,3% em dezembro”, relata a publicação da CNI. Com isso, o salário médio pago no setor despencou 4,0% ao longo do ano passado.

O faturamento real da indústria recuou 1,0% em dezembro de 2019, segunda queda mensal consecutiva, o que resulta em uma perda de 0,8%, na comparação com 2018. As horas trabalhadas caíram 1,0% de novembro para dezembro de 2019, com um saldo negativo acumulado de 1,9% no período de um ano.

Acesse os dados da CNI

Leia também