Falta pouco

CPI da Previdência no Senado já tem assinaturas suficientes

“Já temos 29 assinaturas”, comemorou o senador Paulo Paim que, no entanto, continua a coleta para garantir a instalação da CPI; no Avaaz, mais de 5.700 pessoas já assinaram a petição eletrônica
:: Marcello Antunes22 de fevereiro de 2017 15:45

CPI da Previdência no Senado já tem assinaturas suficientes

:: Marcello Antunes22 de fevereiro de 2017

O pedido para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado destinada a investigar as contas da Previdência Social já tem as assinaturas suficientes. “Já temos 29 assinaturas”, comemorou o senador Paulo Paim que, continua a coleta para garantir a instalação da CPI. No Avaaz, mais de 5.700 pessoas já assinaram a petição eletrônica em defesa da CPI. Paim deu essa informação na quarta-feira (22) durante o Ato Público contra as reformas da previdência e trabalhista realizado pelo Fórum Interinstitucional em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência Social (FIDS).

“Nós começamos no Senado colher assinaturas para uma CPI da Previdência Social com uma palavra de ordem: parem essa bomba de reforma e vamos ver quem está com a razão”, disse Paim. Ele considera a CPI fundamental para ver quem está roubando a previdência de todos os brasileiros. Entidades ligadas à auditoria fiscal apontam R$ 400 bilhões em dívidas que precisam ser cobradas dos empresários. “Se pegarmos os grandes devedores, aí se comprovará, mais uma vez, que não há déficit na Previdência, mas superávit. Esse discurso falso do governo golpista não se sustenta”.

Petição eletrônica
Paim elogiou o lançamento de uma petição eletrônica por meio do Avaaz em defesa da CPI da Previdência. Em todos os municípios, a estratégia é ir até a casa dos deputados e senadores que estão apoiando a Reforma da Previdência do governo golpista, para mostrar que as urnas em 2018 serão vingativas contra quem está contra os trabalhadores e trabalhadoras. “Temos que mostrar que há deputados e senadores vendilhões do País”, alertou o senador.

Assine a petição aqui

Ele informou que, a pedido da população, das frentes em defesa dos trabalhadores, das centrais sindicais, a Câmara dos Deputados iniciou a coleta de assinaturas para abrir uma CPI mista da Previdência, unindo deputados e senadores no trabalho de investigar as contas. “Vamos aprofundar então a CPI. Quem sabe em ano eleitoral a gente faça o debate da Reforma da Previdência. Para que essa pressa irresponsável?”, indagou.

Reprodução autorizada mediante citação do site PT no Senado

Leia também