CPMI pede apoio ao Conselho Nacional de Direitos da Mulher

“Convivemos com um sentimento de impunidade. Podemos até propor melhorias na legislação, no intuito de fortalecer o que já temos”, afirmou Ana Rita.

:: Da redação3 de abril de 2012 21:34

CPMI pede apoio ao Conselho Nacional de Direitos da Mulher

:: Da redação3 de abril de 2012

A relatora da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Violência contra as Mulheres, senadora Ana Rita (PT-ES), e a presidente da CPMI, deputada Jô Moraes (PCdoB-MG), estiveram nesta terça-feira (03/04) na Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM) para solicitar apoio ao Conselho Nacional de Direitos da Mulher (CDNM).

As parlamentares expuseram os objetivos dos trabalhos, bem como um resumo das reuniões já realizadas e as ações futuras. “Convivemos com um sentimento de impunidade. Nossa intenção é mudar isso. Podemos até propor melhorias na legislação, no intuito de fortalecer o que já temos”, afirmou Ana Rita.

Na reunião, o espaço foi aberto para questionamentos e dívidas, bem como sugestões. A intenção das parlamentares é que as mulheres que participam do CNNM possam mobilizar a sociedade a comparecer às audiências públicas da CPMI que acontecerão em várias cidades do Brasil.

O cronograma com todas as datas e as cidades que receberão a comissão será divulgado em breve.

Assessoria de Imprensa da senadora Ana Rita

Leia também:

Ana Rita: Caso de estupro coletivo deve servir de exemplo de punição

Ana Rita: CPMI quer saber se denúncias de mulheres estão sendo acatadas


Leia também