Direitos Humanos

Debate mostra precariedade da educação indígena

Existem mais de 18 mil professores indígenas no Brasil. A maioria deles em contrato de serviço temporário
:: PT na Câmara18 de outubro de 2017 10:00

Debate mostra precariedade da educação indígena

:: PT na Câmara18 de outubro de 2017

O ataque que tem atingido os direitos conquistados ao longo dos anos pelos povos indígenas tem alcançado também a educação escolar indígena. Para debater essa questão, o deputado federal João Daniel (PT-SE) propôs uma audiência pública, realizada nesta terça-feira (17), na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado Paulão (PT-AL). O debate foi um pedido dos organizadores do Fórum Nacional de Educação Indígena (FNEEI), que acontece em Brasília. O Fórum é o espaço de interlocução entre profissionais e lideranças que atuam na educação escolar indígena no Brasil.

A audiência pública teve a participação de representantes do Conselho Indigenista e Missionário (Cimi), da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), do Ministério da Educação, deputados federais e representantes da comunidade indígena de todo o Brasil. As dificuldades enfrentadas para a manutenção da educação diferenciada garantida à população indígena em todo país foram relatadas pelos participantes durante audiência.

Confira a íntegra da matéria

Leia também