Desemprego em abril, no Brasil, baixa à menor taxa desde 2002

:: Da redação22 de maio de 2014 14:36

Desemprego em abril, no Brasil, baixa à menor taxa desde 2002

:: Da redação22 de maio de 2014

Em relação a abril de 2013, caiu em 17% o número de pessoas desocupadas no Brasil, para 1,2 milhão de pessoas

Registro formal de trabalhadores pela
iniciativa privada aumentou 2,2% em
comparação com abril de 2013

A taxa de desemprego no País ficou em 4,9% em abril, segundo mês consecutivo de queda na taxa, ante 5% em março. Os dados são da Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada nesta quinta-feira (22), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da menor taxa desde janeiro deste ano, quando o desemprego atingiu 4,8%. É também o menor percentual para meses de abril na série histórica, iniciada em 2002.

Na comparação com abril do ano passado, quando o desemprego foi de 5,8%, o indicador teve queda de 0,9 ponto percentual. O total de pessoas desocupadas, 1,2 milhão, também ficou estável em relação a março, e caiu 17% em relação a abril do ano passado. A população ocupada, de 22,9 milhões, apresentou estabilidade em relação a março de 2014 e na comparação com abril do ano passado.

Em relação a março, não houve variação no número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,7 milhões). Mas, quando se compara a situação atual com abril de 2013, verificou-se elevação de 2,2% no registro formal de trabalhadores. O rendimento médio real dos trabalhadores ficou em R$ 2.028. O valor é 0,6% menor em relação ao de março (R$ 2.040,27) e 2,6% acima do registrado em abril de 2013 (R$ 1.977,24). A PME é realizada em seis regiões metropolitanas: Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

Com informações da Agência Brasil

Leia também