Humberto Costa

É inaceitável que Bolsonaro ameace governadores e prefeitos

Para o senador, é inaceitável que, num momento em que o vírus avança sobre a periferia das grandes cidades e o interior do País, o presidente aja deliberadamente contra estados e municípios com o propósito de encerrar o confinamento e expor a população ao risco de contrair a doença
:: Assessoria do senador Humberto Costa15 de abril de 2020 10:48

É inaceitável que Bolsonaro ameace governadores e prefeitos

:: Assessoria do senador Humberto Costa15 de abril de 2020

As ameaças de Jair Bolsonaro a governadores e prefeitos para que encerrem o isolamento social em razão da pandemia da Covid-19 foi duramente atacada pelo senador Humberto Costa (PT-PE) na sessão dessa terça-feira (14), no Senado Federal.

Para o senador, é inaceitável que, num momento em que o vírus avança sobre a periferia das grandes cidades e o interior do País, o presidente aja deliberadamente contra estados e municípios com o propósito de encerrar o confinamento e expor a população ao risco de contrair a doença. Segundo Humberto, até mesmo os repasses constitucionais da União às 27 unidades federadas e às quase 5,6 mil cidades foram retardados em retaliação a governadores e prefeitos.

“Essa é a necropolítica de Bolsonaro. Hoje, nós temos mais de 23 mil infectados, segundo os dados oficiais”, disse.

Segundo o senador, o Brasil passa pela maior tragédia social, sanitária e econômica dos últimos 100 anos. “É necessário que deixemos Bolsonaro, que é um criador de crises, de lado. O Congresso e o Supremo estão fazendo o que é preciso para colocar rédeas em tantas loucuras e fazer o país andar. A hora é de nos unirmos para enfrentar esse terrível desafio e escantear aqueles que não querem trabalhar, mas somente atrapalhar, como o presidente da República”, afirmou Humberto.

Confira a íntegra da matéria

Leia também