Em um ano, o Banco do Brasil reduziu os juros em 79% e a Caixa em até 88%

:: Da redação11 de setembro de 2012 12:07

Em um ano, o Banco do Brasil reduziu os juros em 79% e a Caixa em até 88%

:: Da redação11 de setembro de 2012

Mais da metade dos brasileiros mudariam de banco por juros menores

Quase 59% dos brasileiros mudariam de banco se o concorrente oferecesse taxas de juros menores, revelou sondagem feita pelo instituto de pesquisa Data Popular. A pesquisa, realizada entre abril e junho com 5.182 entrevistados de todo o País, também revelou que mais da metade dos brasileiros (53%) acredita que as instituições públicas oferecem a menor taxa de juros.

Com a redução da Selic, taxa básica de juros, de 9,75% ao ano em março para 7,5% ao ano em setembro, os bancos públicos promoveram reduções nas suas taxas. Na Caixa Econômica Federal, com o programa Caixa Melhor Crédito, a queda chegou a até 88%. No programa Bom Pra Todos do Banco do Brasil, em agosto os juros estavam 79% menores que no mesmo mês do ano passado.

“A grande informação é que, definitivamente, o consumidor percebeu que os bancos públicos estão fazendo um movimento para fornecer taxas de juros menores e que os bancos privados ainda não conseguiram passar a percepção de que estão trabalhando para isso”, disse Wagner Sarnelli, sócio-diretor do Data Popular.

No último dia 31 de agosto, a Caixa anunciou uma nova redução em suas taxas de juros para crédito para pessoa física e jurídica. Para pessoa física, houve diminuição nas taxas do cheque especial, antecipação de 13º Salário e refinanciamento de imóveis ou de veículos.

A taxa de juros mínima para cheque especial foi reduzida de 1,35% para 1,30% ao mês. A Caixa já havia promovido diminuição 47% da taxa máxima praticada na operação em abril de 2012. Para as operações de antecipação de 13º salário, a taxa de juros das operações foi reduzida de 2,90% para 2,79% ao mês.

Para empresas, a redução foi nas operações de capital de giro com garantia do Fundo Garantidor de Operações (FGO), cheque especial empresa, cartão de crédito empresarial e crédito especial empresa préfixado.

A taxa de juros do cheque especial empresa, para empresas com domicílio bancário de recebíveis de cartões na Caixa, passou de 4,20% para 4,00% ao mês. No cartão empresarial, a taxa do rotativo foi reduzida em 20,60%, de 8,82% para 7,00% ao mês. A taxa do parcelado com juros foi reduzida em 68,4%, de 6,02% ao mês para 1,90% ao mês.

Na última quinta-feira (6), a Caixa anunciou mais uma redução nas taxas de juros dos cartões de crédito. A redução na taxa anual do rotativo dos cartões de crédito Caixa, por exemplo, chegou a até 52%. As alterações se estendem até dezembro de 2012. No parcelamento de fatura, a Caixa fez uma redução na taxa anual de até 36,87%. O prazo de parcelamento é de até 36 vezes.

Banco do Brasil

O juros do cheque especial no Banco do Brasil tiveram diminuição de 33% na taxa máxima, passando de 8,49% em agosto do ano passado para 5,7% ao mês, e de 38% na taxa mínima, recuando de 2,15% para 1,34% ao mês. Para os clientes que mantêm conta salário no banco, a queda foi de até 54%, com a taxa máxima ficando em 3,88% ao mês.

No rotativo do cartão de crédito a redução da taxa máxima para os clientes que recebem salário no Banco do Brasil foi ainda maior, de 79%, passando de 13,54% ao mês para 2,88%. Para os demais clientes, a redução chega a 58%, com a taxa máxima agora de 5,7% ao mês.

As taxas também diminuíram significativamente para pessoas jurídicas, como é o caso da linha para descontos de títulos, que teve a taxa máxima reduzida em 39%, passando para 3,6% ao mês, enquanto a mínima passou de 1,42% para 1,12%, redução de 21%.

Agência Brasil

Banco do Brasil

Caixa

Portal Brasil

Leia também