Entre 2017 e 2018

Renda dos pobres cai e fortuna dos ricos aumenta

Taxar fortunas de bilionários em 0,5% incluiria 262 milhões de crianças na escola, diz Oxfam
:: CUT22 de janeiro de 2019 10:33

Renda dos pobres cai e fortuna dos ricos aumenta

:: CUT22 de janeiro de 2019

Enquanto a metade mais pobre do planeta, que corresponde a 3,8 bilhões de pessoas, teve a ‘riqueza’ reduzida em 11%, a fortuna dos bilionários do mundo aumentou 12% em 2018 (US$ 900 bilhões), o que significa uma elevação de US$ 2,5 bilhões por dia. Entre 2017 e 2018, surgiu um novo bilionário a cada dois dias no mundo.

A concentração de riqueza é tanta que uma taxa extra de apenas 0,5% sobre as fortunas desses bilionários, que fazem parte do 1% mais rico do mundo, seria o suficiente para garantir o direito à educação de 262 milhões de crianças excluídas da educação formal e assegurar serviços de saúde que poderiam salvar a vida de mais de três milhões de pessoas.

As informações são do relatório “Bem público ou riqueza privada?”, produzido pela Oxfam, organização global de combate à pobreza e à desigualdade, e apresentado nessa segunda-feira (21), no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

Confira a íntegra da matéria

Leia também