Fogo no Pantanal: Delcídio quer apoio das Forças Armadas

“Mostrei aos três comandantes que a situação é extremamente grave”, disse

:: Da redação10 de agosto de 2012 20:21

Fogo no Pantanal: Delcídio quer apoio das Forças Armadas

:: Da redação10 de agosto de 2012

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) pediu  ao comandante da Marinha, almirante Júlio Soares de Moura Neto, do Exército, general Enzo Martins Peri,  e da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito,  que as Forças Armadas ajudem a combater os incêndios que tomam conta de milhares de hectares no Pantanal.

“Mostrei aos três comandantes que a situação é extremamente grave”, disse Delcídio. O estado registrou cerca de mil  novos focos de incêndio em um período de 10 dias. “É preciso um esforço conjunto para que a propagação das chamas seja contida. Caso contrário os prejuízos para o meio ambiente,  a fauna, a flora, os produtores rurais e toda a população de Corumbá e Ladário podem ser irreversíveis”, alertou o senador
 
O combate às chamas vem sendo feito pelo IBAMA, que também coordena as ações de brigadistas, do Corpo de Bombeiros e de trabalhadores das fazendas atingidas pelas chamas e está deslocando um helicóptero para a região, com chegada prevista para este sábado. Delcídio considera essencial o apoio das Forças Armadas, com homens, equipamentos e veículos, como aviões e helicópteros especialmente adaptados para o combate a incêndios florestais. “Os comandantes militares ficaram bastante impressionados com o meu relato e prometeram ajuda. Eles têm uma infraestrutura muito boa que pode ser acionada em um momento difícil como esse”,  afirmou.

Além de falar com os comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, o senador enviou ofício ao Ministro da Defesa, Celso Amorim, também solicitando apoio para o combate aos incêndios no Pantanal.

 

Assessoria do senador Delcídio Amaral

Leia também