Gleisi Hoffmann denuncia maus-tratos a animais e pede providências

:: Da redação1 de julho de 2016 14:40

Gleisi Hoffmann denuncia maus-tratos a animais e pede providências

:: Da redação1 de julho de 2016

Em 2011, Gleisi apresentou projeto que prevê uma legislação que se preocupe com o bem-estar animalA senadora Gleisi Hoffmann lamentou, nesta sexta-feira (1º), as várias ocorrências de maus-tratos e desrespeito com os animais registradas nas últimas semanas. Em meados do mês de maio, em um zoológico da cidade de Santiago, no Chile, dois leões foram sacrificados para que a vida de um visitante, que entrou na jaula, pudesse ser salva. Dias depois, em um zoológico na China, uma morsa afogou um visitante, que também invadiu o pequeno espaço reservado a ela.

No final de maio, ganhou atenção ao redor do mundo a notícia de que em um zoológico na cidade de Cincinnati, nos Estados Unidos, um gorila foi morto para que a vida de uma criança pudesse ser salva. Já no início de junho, a capital do País se comoveu com a notícia de um leão, de nome Dudu, sacrificado após passar 22 anos no cativeiro do zoológico da cidade onde nasceu.

No dia 20 de junho, outra ocorrência que comoção e manchou a imagem do Brasil: a notícia de que uma onça pintada, mascote do centro de instrução de guerra na selva em Manaus, foi abatida por um tiro de pistola por um militar para salvar a vida de um soldado que seria atacado por ela. Minutos antes, a onça, de nome Juma, foi exibida acorrentada e submetida a um elevado estresse durante cerimônia pública de revezamento da Tocha Olímpica. Uma atitude que foi reconhecida como um erro pelo Comitê Olímpico do Rio.

“Muitos outros animais são torturados, maltratados, mortos, sacrificados, sejam eles selvagens, exóticos, domésticos, de companhia e mesmo aqueles que servem de alimento para a humanidade, que deveriam ser melhor respeitados e tratados”, disse Gleisi Hoffmann.

A senadora defende que se faça um amplo debate entre o Poder Legislativo e a sociedade para se instituir no Brasil uma legislação voltada para a proteção e defesa do bem-estar dos animais. Os casos relatados comprovam a urgência.

Para estabelecer regras de proteção e defesa do bem-estar dos animais, Gleisi apresentou em setembro do ano passado o Projeto de Lei do Senado (PLS 650/2015) que tem propostas nessa direção. A matéria encontra-se em análise na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) com a relatoria do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA).

“Esse projeto que apresentei é extenso, tem 56 artigos, é uma matéria complexa e que ainda não está completamente e justamente finalizada. Ela envolve temas específicos e vai requerer um profundo debate desta Casa com a sociedade e com aquelas pessoas e entidades que defendem os direitos dos animais”, disse.

Segundo Gleisi, o PLS 650/2015 precisa ser visto como um ponto de partida para a discussão de uma legislação que se preocupe com o bem-estar animal e com o repúdio a atos cruéis, degradantes e dolorosos contra eles.

Conheça o projeto

Leia mais:

Senadores consideram entrevista de perito à Folha de S. Paulo antiética

Governo neoliberal de Temer e Serra despreza o povo, afirma Lindbergh

Leia também