“Há um golpe no País e vamos denunciar isso ao mundo”, diz Lindbergh

:: Marcello Antunes4 de Maio de 2016 20:32

“Há um golpe no País e vamos denunciar isso ao mundo”, diz Lindbergh

:: Marcello Antunes4 de Maio de 2016

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ), em entrevista dada na tarde desta quarta-feira (4), disse que o golpe parlamentar em curso no Brasil, liderado pelo chefe de uma quadrilha, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para afastar uma presidenta honesta, honrada, como Dilma, causa indignação. “Há um golpe parlamentar no Brasil e vamos denunciar isso para o mundo inteiro”, afirmou. 

“Faço parte dessa comissão, estou estudando e ninguém consegue apontar ali, qual foi o crime de responsabilidade cometido nas tais pedaladas e nos créditos suplementares”, disse ele. 

Pouco antes, estudantes e integrantes dos movimentos da Juventude gritaram: “olha que ironia, o relator é Anastasia. Olha que hipocrisia, o relator é Anastasia”. 

Na comissão de admissibilidade, por mais de uma hora, o relator tucano lia seu relatório, mas bastava ler apenas o voto para notar que seu voto é pela admissibilidade do impeachment, como a bancada do PT anunciou logo no início dos trabalhos, mostrando a suspeição de Anastasia para ser relator de uma denúncia feita por tucanos e paga pelo PSDB contra a presidenta Dilma. 

Marcello Antunes 

Leia mais: 

Lindbergh mostra “cinismo” da oposição na construção do golpe e ela fica ofendida 

Julgamento político exclui argumentação técnica, comentam Fátima e Gleisi

 

 

Leia também