Humberto: Dilma nada tem a temer e vai defender sua honra e integridade

:: Giselle Chassot17 de agosto de 2016 19:27

Humberto: Dilma nada tem a temer e vai defender sua honra e integridade

:: Giselle Chassot17 de agosto de 2016

Humberto explica importância do comparecimento da presidenta ao Senado na sessão de julgamento do impeachmentPara o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), a presença da presidenta Dilma Rousseff no julgamento do processo de impeachment comprova que ela é inocente e não teme qualquer tipo de questionamento. “É uma demonstração de que ela não tem nada a temer, que não tem receio de perguntas que lhe possam ser feitas e de que vai defender sua honra e sua integridade”, disse, logo depois da reunião entre os líderes dos partidos e os presidentes do Senado, Renan Calheiros e do Supremo Tribunal Federal (stf), Ricardo Lewandowski. O encontro serviu para definir o rito e os procedimentos do julgamento que começa na quinta-feira (25). 

A presidenta anunciou que comparecerá ao julgamento. Pelo calendário acordado, na segunda-feira (29), depois de todas as testemunhas – duas de acusação e seis de defesa – serem ouvidas, Dilma Rousseff fará um pronunciamento de trinta minutos, que poderão ser ampliados se houver necessidade. Depois disso, os senadores terão cinco minutos cada um para questionar a presidenta. 

Humberto considera de vital importância a presença da presidenta, “já que existem fatos que ela poderá esclarecer melhor que ninguém; melhor até que seu advogado”, disse. O senador acha que essa argumentação pode contribuir para esclarecer dúvidas de parlamentares indecisos. 

“Além disso ela vai estar falando para o País, para a História e, todos que a ouvirão poderão fazer seu julgamento baseados, sobretudo, numa avaliação jurídica”, disse. 

Giselle Chassot 

Leia mais: 

Lewandowski explica calendário e rito do julgamento do impeachment