Imprensa internacional repercute censura do governo golpista nas Olimpíadas

:: Da redação8 de agosto de 2016 17:46

Imprensa internacional repercute censura do governo golpista nas Olimpíadas

:: Da redação8 de agosto de 2016

As cenas lembram as sombras em que o Brasil viveu sob a ditadura militar, e perigosamente, ameaçam extrapolar os estádios e se naturalizarem na vida cotidiana. A repressão da segurança dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro às manifestações contra o presidente golpista Michel Temer tem sido tão truculenta quando evidente e já chama a atenção da imprensa internacional. 

Segundo reportagem do jornal The New York Times, as expulsões de brasileiros que se manifestaram contra o impeachment durante os Jogos Olímpicos no Rio levantam o debate sobre os limites da liberdade de expressão no Brasil. 

Entre os episódios lamentáveis de censura lembrados pelo jornal está o da retirada forçada de um homem que protestava na arquibancada de uma competição de tiro, o que provocou indignação entre os espectadores que testemunharam o caso. A justificativa para a expulsão do manifestante foi de que o cidadão “perturbou a concentração dos atletas”. 

Porém, como lembra a matéria, ocorreram diversas manifestações em outras competições olímpicas que não mereceram a mesma atuação repressiva das forças de segurança. 

O Washington Post as denúncias sobre a censura aos manifestantes e chama a atenção para a forte carga que acompanha a expressão censura – “uma palavra que tem conotações amargas em um país que viveu sob uma ditadura militar 1964-1985”, de acordo com o jornal. A reportagem também relata os casos de brasileiros que foram expulsos dos seus lugares durante os jogos pela polícia porque protestavam contra Temer. 

Mais uma vez, a imprensa internacional dá demonstrações claras de que não deixará passar em branco as sucessivas tentativas do governo ilegítimo de calar a sociedade. Aliás, as denúncias contra o atentado à democracia brasileira têm sido constantemente reverberadas mundo afora.