ARTIGO

Jaques Wagner: Democracia, Emprego, Vacina e Auxílio

Democracia, Vacinas, Auxílio de R$ 600 e Empregos. É isso que garantirá vida e dignidade ao povo brasileiro
:: Senador Jaques Wagner29 de abril de 2021 17:34

Jaques Wagner: Democracia, Emprego, Vacina e Auxílio

:: Senador Jaques Wagner29 de abril de 2021

Nesta semana celebramos o 1º de maio, dia da luta dos trabalhadores e trabalhadoras por direitos. O Dia dos Trabalhadores já mobilizou reivindicações históricas no Brasil e, esse ano, clama por Democracia, Emprego, Vacina para todos e Auxílio Emergencial de R$ 600 até o fim da pandemia, unindo centrais sindicais e os que realmente se importam com a atual emergência sanitária, humanitária e institucional do país.

Se não bastasse a doença, que já tirou a vida de quase 400 mil brasileiros, agravada pelo negacionismo e pela prevaricação do governo federal, temos um cenário de caos com 14,2% da população econômica ativa sem emprego. Se somarmos os desalentados – que perderam a esperança em ter uma ocupação – são mais de 20 milhões de pessoas desocupadas. Somente após o início da pandemia, 8,1 milhões perderam o emprego. Um abismo, quando levamos em conta que há seis anos o Brasil atingiu uma situação de pleno emprego, com 95,2% da população empregada.

Como não lembrar da reforma trabalhista, aprovada no Congresso em 2017, com a promessa de aumentar vagas de trabalho. Não só teve efeito contrário, como patrocinou a “uberização” e “pejotização” dos empregos, jogando milhões na informalidade. A exploração e a precariedade a que estas pessoas estão submetidas ficaram mais nítidas na pandemia. Inclusive, apresentei projeto para reconhecer os direitos dos trabalhadores de aplicativos.

Uma situação dramática, fortalecida pelo desprezo do governo pelos mais pobres. Voltamos ao Mapa da Fome da ONU. Assim, a defesa de um auxílio emergencial justo deveria unir e não virar uma disputa política inaceitável. A inflação aumentou em 15% o preço dos alimentos em um ano, o gás de cozinha subiu 38,46% em 2021 e, mesmo assim, o governo só liberou R$ 150 mensais para a sobrevivência das famílias. Enquanto isso, 20 brasileiros se tornaram bilionários, segundo a Forbes. E 30 milhões saíram da classe média para a miséria.

As vacinas, que são a única forma de vencermos a Covid, infelizmente chegaram a menos de 14% da população, devido à negligência do governo federal. Com um cenário tão desolador, as bandeiras que embalam esta data de mobilização e lutas se tornam ainda mais urgentes: Democracia, Vacinas, Auxílio de R$ 600 e Empregos. É isso que garantirá vida e dignidade ao povo brasileiro.

Artigo originalmente publicado no jornal O Povo

Leia também