Lindbergh promove comemorações do Dia da Síndrome de Down

:: Da redação12 de março de 2012 16:02

Lindbergh promove comemorações do Dia da Síndrome de Down

:: Da redação12 de março de 2012

A partir desta quarta-feira (14/03), o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) participará de diversos eventos relacionados ao Dia Internacional da Síndrome de Down, que será comemorado no próximo dia 21 de março.

No evento, que acontecerá no Congresso Nacional, serão apresentados resultados concretos de projetos bem sucedidos, tanto os realizados pelo poder público quanto os desenvolvidos por associações civis – para, então, homenageá-los, como incentivo à manutenção da luta em defesa dos direitos das pessoas com síndrome de down.

Lindbergh Farias e o deputado Romário também serão entrevistados pelo jornalista Paulo Acrísio, no programa Cidadania, da TV Senado, que será veiculado dia 14/03 às 14h20. Os dois parlamentares irão discutir assuntos relacionados ao tema da Síndrome de Down.

O senador Lindbergh Farias, que tem uma filha com a Síndrome de Down, chamada Beatriz, tem dedicado seu mandato à melhoria das políticas públicas voltadas às pessoas com deficiência. O senador é o presidente da Subcomissão Permanente de Assuntos Sociais das Pessoas com Deficiência. E, além disso, possui três projetos tramitando na Casa, voltados as pessoas com deficiência.

No final de 2011, o senador também participou do lançamento do plano nacional Viver Sem Limite, do Governo Federal, que prevê ações que garantam a inclusão social da pessoa com deficiência e promover sua inclusão na sociedade e no mercado de trabalho por meio da eliminação de barreiras.
 

Histórico
O Dia Internacional da Síndrome de Down foi proposto pela “Down Syndrome International” como o dia 21 de março, porque esta data se escreve como 21/3 (ou 3-21, em inglês), de modo a fazer alusão à trissomia do cromossomo 21, responsável pela Síndrome de Down.

A primeira comemoração da data pelo movimento social foi em 2006. No Brasil, a data passou a ter repercussão na mídia a partir de 2007, devido à personagem Clara na novela “Páginas da Vida” e à presença do então jogador de futebol e hoje Deputado Federal Romário na luta em defesa dos direitos das pessoas com essa síndrome.
 

Veja abaixo a programação do Congresso Nacional para o Dia Internacional da Síndrome de Down

Dia: 21 de março de 2012 (quarta-feira)

Horário: a partir das 10h

Local: Salão Negro do Congresso Nacional

Quem convida: Senador Lindbergh Farias, Deputado Federal Romário e Deputada Federal Rosinha da Adefal

Público: autoridades públicas (que quiserem aprender sobre a importância dessa luta e para esclarecer as especificidades da Síndrome de Down); e pessoas com Síndrome de Down, familiares e instituições – que são os grandes homenageados do dia.

Objetivo do evento: A partir da primeira celebração oficial do Dia Internacional da Síndrome de Down, o evento pretende apresentar resultados concretos de projetos bem sucedidos, tanto os realizados pelo poder público quanto os desenvolvidos por associações civis – para, então, homenageá-los, como incentivo à manutenção da luta em defesa dos direitos das pessoas com síndrome de down.
 

Cronograma do evento e atividades previstas:
Antes de iniciar o evento, no telão serão projetados vídeos com declarações dos homenageados e/ou trailers (trechos curtos) dos projetos que serão apresentados.

10h – abertura do evento pelo Presidente do Senado Federal, José Sarney

10h05 – fala do Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Federal Marco Maia (a confirmar)

10h10 – Presidente do Supremo Tribunal Federal apresenta projeto “STF sem barreiras”

10h15 – Ministra Gleisi Hoffman comenta a elaboração do Plano Nacional Viver Sem Limites

10h20 – Ministra Maria do Rosário explica como se dará a implementação do Plano Nacional Viver Sem Limites (se ela não vier, virá o Secretário Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José Ferreira)

10h25 – Ministro Patriota relata aprovação pela ONU de Resolução que institui o Dia Internacional da Síndrome de Down

10h35 – Ministro Padilha lança consulta pública do Protocolo de Saúde para Síndrome de Down

10h45 – fala de Rodrigo Marinho de Noronha, assessor do Deputado Federal Eduardo Barbosa

11h – Breno Viola apresenta Portal Informações sobre Síndrome de Down

11h15 – fala do convidado especial, Kallil Assis, de 21 anos, que acaba de passar em Geografia da UFG

11h30 – fala do Senador Lindbergh Farias

11h35 – fala do Deputado Federal Romário

– Atividades Lúdicas ocorrerão antes e/ou depois das falas: por meio de vídeos projetados no telão, de informações expostas em banners e/ou em televisões nos lounges:

? “Túnel do Tempo” na entrada do salão negro, com banners descrevendo histórico do movimento de luta em defesa dos direitos das pessoas com síndrome de down

? Grupo “Up” da Oficina dos Menestréis – apenas trecho de uma peça

? Coral das APAES

? trailer do filme “Colegas”, produzido pela Produtora Gatacine

? vídeo institucional sobre Portal de Informações sobre SD (projeto coordenado por Maria Antônia Goulart)

? vídeo institucional da MetaSocial

? vídeo institucional do “Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência” (coordenado por Lara Pozzobom)

? vídeo institucional do Projeto da Biblioteca do Senado, que envolve profissionais com síndrome de down

? exposição de quadros: Melina Pedroso

? grupo de dança “Eu danço” ou “Namastê”

 ? No dia 21 de março, todas as Visitas Monitoradas na Câmara e no Senado terão audiodescrição
 

Conheça os projetos do senador Lindbergh Farias, voltados à pessoa com deficiência

PLS 377/11 institui o dia 21 de março como o Dia Nacional da Síndrome de Down.

PLS 505/11 determina que os editais de concursos públicos contenham determinações especiais voltas às pessoas com deficiência.

PLS 506/11 estabelece que as empresas que participarão da realização da Copa das Confederações FIFA 2013, da Copa do Mundo FIFA 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 reservem o percentual mínimo de 5% dos seus cargos às pessoas com deficiência.

PLS 700/11 dá prioridade de atendimento às pessoas com deficiência para isentar de tarifas bancárias aquelas com renda mensal bruta de até cinco salários mínimos.

Leia mais:
Site terá dados para alunos com Síndrome de Down

Mais pessoas com deficiência na graduação

Saiba mais:
Governo lança o Viver Sem Limite

Viver Sem Limite busca inclusão social da pessoa com deficiência

Leia também