Mais de 2 milhões de empreendedores poderão entrar no Simples Nacional

Pimentel: a partir de agora, os profissionais liberais terão um único sistema de acessoO líder do governo no Congresso Nacional, senador José Pimentel (PT-CE), comemorou a aprovação unânime pelo plenário do Senado do projeto de Lei da Câmara (PLC –nº 60/2014 – Complementar) que torna ainda mais fácil a adesão ao Simples Nacional, incluindo a atividade empreendedora de profissionais liberais. Espera-se, de imediato, que a lei traga dois milhões de novas empresas para o Simples. Um dos senadores que mais defendem os micro e pequenos empresários no Congresso, Pimentel fez questão de lembrar que a conquista deveria ser dividida com outros atores. “Parabenizo a Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, o presidente do Sebrae, Luiz Barreto e o ministro Afif Domingos, que acompanham o coroamento de um processo”, afirmou.

:: Da redação16 de julho de 2014 23:43

Mais de 2 milhões de empreendedores poderão entrar no Simples Nacional

:: Da redação16 de julho de 2014

Pimentel também felicitou o relator da matéria em plenário, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). “Temos 8,2 milhões de micro e pequenas empresas formais no Brasil vinculadas ao sistema, e elas geram milhões de empregos. Com as alterações que estamos fazendo devemos incluir dois milhões de empresas no Simples Nacional. Profissionais liberais terão um único sistema de acesso e o faturamento exigido será de até R$ 3,6 milhões anuais”, detalhou.

Segundo Pimentel, a legislação aprovada, entre outros benefícios, irá facilitar tanto a abertura quanto o encerramento das atividades de uma empresa. Além disso, todos os procedimentos deverão ser feitos sem burocracia e por sistemas eletrônicos, praticamente eliminando papéis. “Essa é uma das mais importantes leis que o Congresso Nacional aprovou neste ano”, exultou Pimentel.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) também comemorou a celeridade que os parlamentares dedicaram ao projeto, encurtando sua tramitação. “Era uma luta e todos os dirigentes e empresários que empregam nos dão orgulho pelo empreendedorismo. Hoje é uma data histórica”, afirmou.

PLC nº 60
O Senado já havia votado a incorporação dos advogados ao Simples nacional. Agora, poderão ingressar médicos, engenheiros, arquitetos, economistas e todos os profissionais liberais de um modo geral.

Confira o projeto

Leia também