Falso patriotismo

Mais Médicos: brasileiros se inscrevem mas não aparecem para trabalhar

Após saída de cubanos, programa teve inscrição de médicos brasileiros alardeada, mas poucos se apresentaram
:: Agência PT de Notícias28 de novembro de 2018 15:16

Mais Médicos: brasileiros se inscrevem mas não aparecem para trabalhar

:: Agência PT de Notícias28 de novembro de 2018

Mais de mil cubanos que atuavam pelo programa Mais Médicos no Brasil já retornaram à ilha. No total, são cerca de 8.000 postos de trabalho que ficarão sem profissionais enquanto o governo brasileiro tenta substituí-los. Nesse processo, um novo edital já foi aberto e a inscrição para 97% das vagas foi alardeada como sucesso, mas poucos profissionais de fato se apresentaram em locais de serviço.

Até agora, o número de médicos brasileiros que se apresentaram nos municípios corresponde a apenas 17% das vagas deixadas pelos profissionais que já retornaram à Cuba, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados pelo El País. A data limite para que todos os médicos se apresentem nos municípios onde foram alocados é 14 de dezembro.

Infelizmente, a expectativa é de que o desfalque do Mais Médicos não se resolva rapidamente. O não-comparecimento aos locais de trabalho, ou o abandono da vaga poucos meses após o início do trabalho, tem sido uma prática recorrente dos profissionais de saúde formados no país.

Leia a matéria na íntegra.

 

Leia também