Marta: equidade de gênero pode ter reflexos positivos no meio ambiente

Senadora Marta Suplicy participou de evento da Rio+20 sobre a inclusão da mulher nas ações de preservação ambiental.

:: Da redação15 de junho de 2012 16:39

Marta: equidade de gênero pode ter reflexos positivos no meio ambiente

:: Da redação15 de junho de 2012

A inclusão da mulher nas discussões sobre o meio ambiente foi o tema do discurso de Marta Suplicy, senadora pelo Estado de São Paulo, durante a abertura do Fórum Equidade de Gênero, realizado na manhã desta sexta-feira (15/06), no espaço Humanidade 2012, no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Marta Suplicy defendeu que a participação feminina vai qualificar e ampliar o alcance dos debates. “Quem educa, quem consome e compra os produtos é a mulher. Enquanto a mulher não for parte intrínseca na conversa, não caminharemos o movimento como deve ser. Quando tivermos a equidade de gêneros respeitada, o meio ambiente melhorará rapidamente.”

Citando o falecido economista e intelectual Celso Furtado (1920-1984), a senadora destacou que o movimento feminista possibilitou grandes mudanças de comportamento na sociedade. “A mulher ficava fora, não votava e não existia como cidadã. Agora está na sociedade e possui um papel importante. Estamos em diversas áreas e a humanidade melhorou.”

Marta disse ainda estar muito feliz de participar do fórum. “Acredito que [nós, mulheres] estamos entrando na questão de meio ambiente para brilhar, para ser partícipe e fazer o meio ambiente melhor”.

O Fórum Equidade de Gênero tem realização conjunta do Comitê de Responsabilidade Social (Cores) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sistema Firjan.

O Humanidade 2012 é uma iniciativa conjunta da Fiesp, Sistema Firjan, Fundação Roberto Marinho, Sesi-Rio, Sesi-SP, Senai-Rio, Senai-SP, com patrocínio da Prefeitura do Rio, do Sebrae e da Caixa Econômica Federal.

O evento acontece no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, até 22 de junho, paralelamente à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. O objetivo engajar a sociedade no debate sobre como aliar o crescimento econômico ao desenvolvimento social e à conservação ambiental.

Lucas Dantas – Agência Indusnet Fiesp

Leia também