Vaquinha virtual

Militância garante financiamento das caravanas ‘Lula pelo Brasil’

Além das caravanas, o modelo de "vaquinha virtual" poderá financiar eventos como conferências – como a da Juventude do PT e da Comunicação, que já estão previstas
:: Cyntia Campos9 de novembro de 2017 13:25

Militância garante financiamento das caravanas ‘Lula pelo Brasil’

:: Cyntia Campos9 de novembro de 2017

Na metade do prazo previsto — e na data do centenário da Revolução Bolchevique — a campanha de arrecadação realizada na internet pelo Partido dos Trabalhadores para financiar as caravanas de Lula pelo Brasil atingiu sua meta. Na noite de 7 de novembro, a vaquinha virtual alcançou os R$ 100 mil previstos e continua aberta a novas doações até o próximo dia 16.

A campanha de arrecadação é uma iniciativa do Diretório Regional do PT do Rio de Janeiro e entrou no ar no dia 26 de outubro. Até esta quinta-feira (9), já tinha recebido contribuições de mais de 1.000 pessoas, alcançando um total de R$ 101.116,01. “Qualquer valor doado ajuda a manter o sucesso das Caravanas do presidente Lula”, lembra a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

Arrecadação militante
O “sucesso absoluto” da vaquinha virtual comprova a viabilidade da nova política de finanças do PT, baseada na arrecadação militante e amparada em campanhas para garantir ações e causas específicas, avalia Emídio de Souza, secretário nacional de Finanças e Planejamento do PT. Além das caravanas, o modelo poderá financiar eventos como conferências – como a da Juventude do PT e da Comunicação, que já estão previstas.

Emídio acredita que é muito mais mobilizador pedir que a militância contribua com causas específicas do que, genericamente, com a manutenção da máquina partidária. “As pessoas se identificam mais, se aproximam, esse método amplia o leque de participantes”. Além disso, a campanha de finanças para uma ação específica facilita a prestação de contas e dá mais transparência a todo o processo.

No caso da vaquinha virtual organizada pelo PT-RJ, os recursos serão usados para pagar despesas da Caravana de Lula por Minas Gerais, encerrada no dia 30 de outubro, e para colocar em marcha outras viagens do ex-presidente pelo País. O uso das ferramentas proporcionadas pela internet não vai se limitar a essa ação, garante o secretário de Comunicação do PT-RJ, Ricardo Pinheiro.

“Não é possível contar apenas com o Fundo Partidário para manter as nossas atividades”, ressalta ele, que vem estudando outros recursos da internet para movimentar a vida partidária, e não só para a arrecadação de recursos.

A vaquinha online do PT-RJ foi aberta dia 26 de outubro, quando Lula ainda estava em caravana por Minas Gerais. Onze dias depois, já havia batido a meta de arrecadação — mais ainda é possível fazer doações, de qualquer valor, até 16 de novembro.  A prestação de contas dos valores recebidos é feita de forma totalmente automatizada, garantindo transparência e segurança, com emissão de recibos para os doadores. Para doar, é preciso ter cartão de crédito.

Para mais informações , acesse Lula pelo Brasil

Leia mais:
PT lança campanha para apoiar caravanas

Leia também