Mulheres podem fazer a diferença no desenvolvimento sustentável

:: Da redação30 de maio de 2012 21:52

Mulheres podem fazer a diferença no desenvolvimento sustentável

:: Da redação30 de maio de 2012

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) participa, nesta quinta-feira (31/05), da Rede Brasileira de Mulheres Líderes pela Sustentabilidade, evento que vai elaborar a “Plataforma 20 de Mulheres pela Sustentabilidade” a ser apresentada à conferência Rio +20, das Nações Unidas, que se realiza no Rio de Janeiro, no início de junho. Marta foi convidada pela ministra do Meio Ambiente, Izabela Teixeira.

O encontro vai reunir lideranças do mundo empresarial e do terceiro setor, representantes de entidades públicas e parlamentares. “O objetivo é consolidar as mulheres como agentes de um novo modelo de desenvolvimento sustentável e propor iniciativas e linhas de ação”, explicou a senadora, em discurso ao Plenário, na tarde desta quarta-feira (30/05). A Plataforma 20 tem três eixos principais: o empoderamento das mulheres, o empreendedorismo verde — os chamados negócios sustentáveis— e a necessidade de mudança nos padrões de consumo e produção.

Marta destacou que para assegurar o empoderamento das mulheres, é preciso garantir educação, oportunidades de capacitação técnica, crédito e apoio às suas iniciativas, além de abrir espaços para que ocupem cargos estratégicos. “No que depender da nossa presidenta, vamos muito bem. Temos ações concretas em que a caneta faz a diferença”.

O encontro desta quinta-feira, para Marta, será uma oportunidade para debater com profundidade o papel fundamental das mulheres no desenvolvimento. “Nós sabemos a influência que a mulher tem no lar, na criação, no consumo, em tudo. Precisamos usar isso para garantir um planeta cada vez mais sustentável”. 

Leia também