No Dia Mundial da Água, um alerta sobre a escassez

Jorge Viana lembra que, apesar da abundância, a cada 15 segundos no mundo, uma criança morre de doenças relacionadas à falta de água potável

:: Da redação22 de março de 2013 16:37

No Dia Mundial da Água, um alerta sobre a escassez

:: Da redação22 de março de 2013

viana-plenario
Viana destacou as ações do Governo Federal para
resolver o problema de abastecimento de água e
saneamento no Brasil

Vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC) ocupou a tribuna na manhã desta sexta-feira, 22 de março, para celebrar o Dia Mundial da Água. Segundo o parlamentar, a água é chave para o desenvolvimento sustentável de todas as nações do mundo. Apesar do dia histórico, ele lamentou que o recurso, embora abundante, ainda seja escasso para muitos, citando dados da Organização das Nações Unidas (ONU) que apontam para a gravidade do problema. Hoje, cerca de 3 bilhões de pessoas no mundo não têm água de qualidade confiável em seus lares.

Viana lembrou que a cada 15 segundos, uma criança na Terra morre de doenças relacionadas à falta de água potável. “Todos os anos, 3,5 milhões de pessoas morrem no mundo por problemas relacionados ao fornecimento inadequado de água, à falta de saneamento básico e à ausência de políticas de higiene”, lamentou. O parlamentar alertou que essa situação tende a piorar. “Até 2030, quase metade da população do mundo terá problema de desabastecimento”, disse, citando relatório das Nações Unidas.

O parlamentar acreano comentou que apesar da abundância da água na Terra – 97,5% do recurso é água do mar, salgada –, poucas nações estão numa situação confortável como o Brasil. Isso porque dos 2,5% de água potável disponível no globo terrestre, 12% estão no território nacional. Isso coloca o país em posição estratégica, mas ainda há muito a superar. Um dos grandes desafios do Governo Federal é prover água tratada e sistema de esgoto a todos os brasileiros.

O senador petista ressaltou que todos os municípios do Acre têm água tratada. “Isso eu comecei e o governador Binho (Marques) continuou”, disse Jorge Viana. E destacou que a questão da qualidade da água é uma das preocupações do governador Tião Viana. “Ele é médico infectologista, sabe que água é sinônimo de saúde”, declarou.

Mas, o próprio parlamentar reconheceu que nem todos os municípios do País fornecem água de qualidade. Até 2010, 81% da população tinha acesso à água tratada, mas apenas 46% dos brasileiros contavam com coleta de esgoto. “Essa situação está sendo enfrentada pelo PAC, pelo nosso governo”, comentou. Ele lembrou que um dos pilares do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), iniciado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula, é justamente as obras de saneamento. “Isso é prioridade no governo da presidenta Dilma (Rousseff)”, apontou.

Jorge Viana concluiu seu pronunciamento lembrando que o Dia Mundial da Água foi comemorado no Acre com o evento Cooperação pela Água, organizado pelo governo do estado, a prefeitura de Rio Branco e a organização-não governamental WWF-Brasil.

Assessoria de Imprensa do senador Jorge Viana

Leia também