Obras da transposição São Francisco estarão concluídas em 2015

51% das obras do projeto foram concluídas e metade do orçamento de R$ 8,2 bilhões já foi investido.

:: Rafael Noronha10 de dezembro de 2013 18:06

Obras da transposição São Francisco estarão concluídas em 2015

:: Rafael Noronha10 de dezembro de 2013

As obras do São Francisco estão caminhando
em ritmo acelerado. São 7.763 pessoas
trabalhando nas obras (Integração Nacional)

51% das obras do projeto de Integração do Rio São Francisco foram concluídas e metade do orçamento de R$ 8,2 bilhões já foi investido no projeto, segundo informações do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, que apresentou um balanço das atividades de transposição do Rio São Francisco, nesta terça-feira (10), em audiência pública da Comissão Externa de Acompanhamento dos Programas de Transposição e Revitalização do Rio São Francisco do Senado.

“As obras do São Francisco estão caminhando em ritmo acelerado. Hoje, temos 7.763 pessoas trabalhando nas obras. Todas as frentes de serviço foram recontratadas e mobilizadas. A ideia é atender aos prazos previstos para, em dezembro de 2015, termos as obras concluídas. Depois de concluído e em funcionamento, o objetivo principal é garantir água para 12 milhões de pessoas em 390 municípios do Ceará, de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte”, disse o ministro.

O projeto contempla 477 quilômetros de canais nos eixos Norte, que vai de Cabrobó (PE) a Cajazeiras (PB), e Leste, com início em Floresta (PE) e término em Monteiro (PB). O Ministério prevê a entrega de 100 quilômetros de canais em cada eixo em dezembro de 2014. Segundo a pasta, o empreendimento tem seis metas de execução das obras que estão todas contratadas e em atividade. Para Teixeira, o projeto também vai beneficiar a indústria e a agricultura da região.

“O grande conflito estabelecido hoje entre o uso da água para a atividade econômica e para o abastecimento humano será dirimido. São Francisco vai levar água para garantir o abastecimento humano e a água vai sobrar para as atividades econômicas”, acrescentou.

FOTO HC

LEGENDA: Humberto lamentou o fato de existirem informações desencontradas sobre a realização das obras

Informações desencontradas
Humberto Costa (PT-PE), relator do colegiado, elogiou o compromisso do Governo Federal em manter o ritmo das obras e disse que ainda neste ano, a Comissão deve ter um relatório preliminar das atividades de revitalização e transposição.

Apesar disso, o senador petista lamentou que informações desencontradas chegassem aos cidadãos que são beneficiados pelas obras que complementam o projeto principal de transposição e revitalização.

“As obras complementares geralmente avançam mais rápido do que a própria transposição e, geralmente, as pessoas das cidades que tem obras entregues não recebem a informação correta, de que aquela obra complementar é parte do projeto principal, que se tornou possível por conta dos recursos do Governo Federal, de onde saem os recursos para pagar essas obras”, relatou.

O senador aproveitou a oportunidade para lamentar a predominância de informações negativas acerca das obras que, geralmente apontam para a paralisia das obras de transposição. “Esses ramais tem sido alvo de diversas informações desencontradas. Apesar de estarmos constatando in loco o avanço das obras, existe sempre a prevalência de informações sobre uma eterna paralisia”, disse.

Comissão prorrogada
Na mesma sessão, o presidente Vital do Rêgo (PMDB-PB) colocou em votação um requerimento que propõe a prorrogação dos trabalhos do colegiado até o final de 2014. De acordo com o senador, ao final do período, o colegiado deve ter novamente os trabalhos prorrogados para que todas as atividades de transposição de revitalização possam ser acompanhadas pelos senadores.

Ainda de acordo com Vital do Rêgo, no próximo período, a comissão deve discutir também meios alternativos de longo prazo para convivência com a seca. 


Acompanhe o desenvolvimento da obra

Saiba mais sobre a transposição do Rio São Francisco

Rafael Noronha

Leia mais:

Transposição do São Francisco caminha a pleno vapor, diz ministro

Humberto: transposição no São Francisco é verdadeira revolução
 

Senadores visitam obras da Transposição do São Francisco

 

 

 

Leia também