Otimismo das famílias segue em alta, mostra Ipea

:: Da redação10 de fevereiro de 2012 12:18

Otimismo das famílias segue em alta, mostra Ipea

:: Da redação10 de fevereiro de 2012

O otimismo das famílias brasileiras sobre a economia subiu de 67,2, em dezembro, para 69 pontos em janeiro – o mais alto já registrado desde o início de apuração do índice, em 2010, revelou ontem o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

Na escala do instituto, a pontuação acima de 60 pontos indica otimismo; abaixo de 40, pessimismo.

O Centro-Oeste é hoje a região com a maior expectativa positiva: passou de 77,4 pontos, em dezembro, para 84,8 em janeiro. A região Norte é a única em que otimismo diminuiu (de 62,4 para 62,1).

O Sul registrou 71 pontos, o Sudeste, 68,5, e o Nordeste, 66,7 pontos. Já a expectativa sobre a economia nos próximos 12 meses é menor do que a confiança no momento atual (64,9 pontos no país).

Em relação ao consumo de bens duráveis, 64,4% das famílias creem que agora é um bom momento para adquiri-los, ante 57,4% de dezembro.

Cerca de 80,7% dos responsáveis pelos domicílios se sentem seguros em sua ocupação atual -com destaque para o Norte (96,1%) e o Centro-Oeste (92%).

Em relação ao endividamento familiar, 7,6% das famílias do país estão muito endividadas (ante 8% no mês anterior), enquanto 57,1% declaram não ter dívidas, ante 56,1% em dezembro.

Folha de S Paulo

Leia também