Lei Trabalhista

Paim critica lei que libera terceirização para todas as áreas do serviço público

"Terceirização vai permitir que demitam trabalhadores e contratem cabos eleitorais via emprego terceirizado", alertou Paim
:: Assessoria do senador Paulo Paim16 de outubro de 2018 10:52

Paim critica lei que libera terceirização para todas as áreas do serviço público

:: Assessoria do senador Paulo Paim16 de outubro de 2018

A qualidade da prestação de serviços pelo poder público e as condições de trabalho dos servidores serão os principais desafios a serem enfrentados num futuro próximo. Esta foi a síntese dos discursos durante a sessão realizada pelo Congresso Nacional em alusão aos 30 anos do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis), na última segunda-feira (15).

Um dos problemas mais imediatos, na opinião do senador Paulo Paim (PT-RS), é a nova legislação, que libera a terceirização em todas as atividades, inclusive no que tange ao setor público. Paim disse estar “muito triste” com este novo quadro, que trará graves prejuízos ao país, segundo ele.

“A terceirização como está vai permitir que os governantes de plantão demitam os trabalhadores e contratem cabos eleitorais via emprego terceirizado. E isto nos três níveis da Federação, incluindo 27 governos estaduais e cinco mil prefeituras. Que qualidade vamos oferecer aos cidadãos nos mais diversos serviços públicos com o aprofundamento cada vez mais irrestrito deste tipo de lógica? O país precisa se preparar, as dificuldades pro povão vão ficar ainda maiores”, afirmou.

Confira a íntegra da matéria

Leia também