Patrimônio Nacional

Parlamentares lançam Frente para defender Petrobras e soberania

Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras lançada no Congresso Nacional conta com 210 deputados e 42 senadores
:: Rafael Noronha29 de maio de 2019 17:34

Parlamentares lançam Frente para defender Petrobras e soberania

:: Rafael Noronha29 de maio de 2019

“O petróleo é do Brasil e deve ser usado em benefício do povo brasileiro”. Esse é o mote da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobras lançada nesta quarta-feira (29) no Congresso Nacional. O colegiado conta com 210 deputados e 42 senadores.

A ideia da Frente é criar um ambiente de debate acerca da soberania nacional e do que representa as tentativas de fatiamento e entrega da Petrobras para o capital estrangeiro internacional.

“Nunca antes na história do Brasil se ameaçou tanto a soberania nacional e a existência da Petrobras. Vivemos um momento extremamente grave. Esse é um governo que escolheu a subserviência e a subalternidade como marcas. Um governo que não tem nenhum projeto para o País. Por isso dessa sensação dos brasileiros não saberem para onde estamos indo”, destacou o senador Jaques Wagner (PT-BA).

Foto: Alessandro Dantas

O vice-presidente da Frente, senador Jean Paul Prates (PT-RN) afirmou que o mercado de petróleo e gás vive um momento radical com a tentativa de venda de operações que possuem caráter estratégico para o País, em especial, no mercado de petróleo e gás. Para ele, é fundamental que os parlamentares e os trabalhadores da Petrobras simplifiquem a linguagem para que a população possa compreender os riscos que significam a venda da Petrobras para empresas internacionais.

“Estamos sendo atacados com uma retórica fácil de rebater. A única coisa que precisamos fazer é falar. Falarmos em todos os fóruns e sem medo de represálias. Estamos vivendo uma situação inusitada na qual os diretores da empresa estão atuando manifestamente contra ela”, disse o senador, explicando que diretores da Petrobras já afirmaram até que iriam parar a produção de refinarias para abrir espaço para a concorrência.

Foto: Alessandro Dantas

Já o presidente da Frente, deputado Nelson Pelegrino (PT-BA), a criação do movimento é fundamental no momento em que a Petrobras encontra-se sob ameaça de ser “retalhada” e parcialmente entregue a empresas de outros países.

“A Petrobras é o maior patrimônio do povo brasileiro. É a nossa joia. E o maior ativo que o Estado brasileiro tem. O pré-sal é a maior descoberta do Século XXI, a segunda maior reserva de petróleo do mundo. E essa riqueza tem que ser utilizada em benefício do Brasil”, destacou o deputado.

Confira a evento

Leia também