Pesquisa Datafolha

Economia foi para o buraco. Saída é Lula, dizem petistas

Datafolha mostra que 72% acreditam que a economia do país piorou. Petistas apontam saída para a crise: Lula
:: Carlos Mota11 de junho de 2018 15:13

Economia foi para o buraco. Saída é Lula, dizem petistas

:: Carlos Mota11 de junho de 2018

A situação da economia do país deteriorou nos últimos meses. É o que acreditam sete em cada dez brasileiros ouvidos pela pesquisa Datafolha. Nas redes sociais, senadores petistas comentaram o resultado da pesquisa e apontaram Lula como a única solução para a crise.

O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), chegou a ironizar as manifestações favoráveis ao impeachment como “é só tirar Dilma que melhora”.

“Parece que essa era mais uma historinha mentirosa do patinho amarelo, não é mesmo? Hoje, sete em cada dez brasileiros já têm certeza de que a economia do país piorou depois do golpe. Em outubro, a gente começa a melhorar tudo de novo com Lula”, disse Humberto.

“É esta percepção de colapso do país que alimenta o desejo de voltar a sorrir com Lula”, disse, na mesma linha, o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ).

O Datafolha aponta que 72% dos entrevistados veem uma piora no cenário econômico, contra apenas 6% que apontam melhora.

O mau humor d@s brasileir@s com a economia é o mais alto do governo Michel Temer, de acordo com a pesquisa. Na última pesquisa sobre o tema, em abril, 52% avaliaram que a economia havia se deteriorado.

Ainda de acordo com o instituto, 32% dos entrevistados disseram que a economia vai piorar nos próximos meses e outros 26% acreditam em recuperação.

Previsão de piora

Quem também mantém o tom pessimista é o mercado. Pesquisa semanal Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira (11), mostra que as projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano recuaram a 1,94%, ante 2,18% no levantamento anterior.

Foi o sexto recuo seguido do indicador. Há um mês, a estimativa de crescimento da economia, para este ano, estava em 2,51%.

Outra tendência é de aumento da inflação este ano. Pela quarta semana seguida, o boletim aponta alta no IPCA, calculada agora em 3,82% em 2018 e 4,07% em 2019.

 

Leia mais:

Brasil mantém PIBinho, alta do desemprego e falta de confiança

Leia também