Pinheiro defende compromisso nacional para a formação dos jovens

:: Da redação7 de agosto de 2013 22:25

Pinheiro defende compromisso nacional para a formação dos jovens

:: Da redação7 de agosto de 2013

Para o senador, do Estatuto da Juventude é a verdadeira abertura de caminho para novas ações para atender as demandas dos jovens.

Pinheiro defendeu garantir melhorias e atender as
demandas dos jovens, não se limitando apenas às
legislações e estatísticas

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) defendeu, nesta quarta-feira (07), prioridade nas ações governamentais para as políticas públicas voltadas à formação dos jovens, como caminho para fazer cumprir o Estatuto da Juventude, sancionado pela presidenta Dilma Rousseff, no último dia 05. “É importante salientarmos que mais do que aprovação de um estatuto temos a obrigação de realçar o que isso significa para um País como o nosso, cujas perspectivas da juventude, em um tempo não tão distante assim, eram marcadas por incertezas, por problemas centrais”, lembrou.

Na avaliação do senador, a mesma juventude que ocupou as ruas reivindicando mais transparência nas relações políticas e refutando atos de corrupção, quer também a cidadania plena e melhorias de suas condições, como está previsto no Estatuto da Juventude. O texto sancionado é uma declaração de direitos da população jovem, que hoje alcança cerca de 51 milhões de pessoas com idade entre 15 e 29 anos.

“Eu chamaria esse Estatuto de uma verdadeira abertura de caminho. Muito mais como diretriz do que um conjunto de normas, muito mais como algo que abre um horizonte para que possamos ampliar esse atendimento e enxergar como vamos estabelecer a relação desses serviços públicos nessa sociedade com a juventude, a sua participação, os seus anseios e obviamente o seu futuro”, disse. “Assim a juventude passa a ter oportunidade ao deslocamento, à meia-entrada ou a própria questão do acesso ao serviço público e, em particular, a questão do transporte que é fundamental”, destacou.

Criar e ampliar oportunidades
Sobre novas iniciativas, Pinheiro lembrou da legislação em vigor, como as cotas sociais e raciais para ingresso nas universidades, mas ressaltou que a juventude brasileira sonha e deve continuar almejando novas conquistas.

Pinheiro acrescentou ser possível garantir melhorias e atender as demandas dos jovens, não se limitando apenas às legislações e estatísticas. “É o recado de que as ruas têm mandado. O recado de que é possível fazer melhor. Não basta você ter que trabalhar isso com quantitativos, não basta trabalhar isto como uma estatística”, completou.

Segundo ele, é preciso avançar nos cursos de formação técnica, não só a escola agrícola. “É possível ampliar perspectivas e esse jovem poder sonhar com algo mais”, afirmou.

Com informações da Assessoria do senador Walter Pinheiro

 

Leia mais:

Juventude: “É importante sempre querer mais”, diz Dilma

Site Participatório para jovens já está no ar

Leia também