Poupança tem melhor resultado para abril desde 2007

 

O saldo positivo - depósitos superiores às retiradas - durante abril foi de R$ 1,977 bilhão. Balanço do mesmo mês do ano passado foi negativo.

:: Da redação7 de maio de 2012 14:00

Poupança tem melhor resultado para abril desde 2007

:: Da redação7 de maio de 2012

O Banco Central divulgou, na manhã desta segunda-feira, que o saldo da caderneta de poupança, durante o mês de abril, foi de R$ 1,977 bilhão – o melhor resultado positivo, para o período, desde abril de 2007, quando o balanço foi positivo em R$ 2,046 bilhões. Na comparação com abril do ano passado, a diferença ainda é maior, pois, naquele período, o resultado foi negativo (mais retiradas do que depósitos) em R$ 1,762 bilhão.

Os depósitos superaram as retiradas em R$ 1,977 bilhão, no segundo mês seguido em que a captação líquida (depósitos superiores às retiradas) mostrou-se positiva (em março passado, o superávit chegou a R$ 2,544 bilhões). 
No mês passado, os depósitos ficaram em R$ 96,198 bilhões e as retiradas chegaram a R$ 94,22 bilhões. Os rendimentos creditados somaram R$ 2,345 bilhões e o saldo ficou em R$ 433,321 bilhões.

O relatório do BC se baseia em dados do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) – que destina 65% dos recursos para financiamento imobiliário – e da poupança rural. No caso do SBPE, houve captação líquida de R$ 1,542 bilhão, em abril. A poupança rural registrou R$ 435,518 milhões. 

Atualmente, os valores depositados em poupança são remunerados pela taxa referencial (TR), acrescida de juros de 0,5% ao mês. O dinheiro depositado por menos de um mês não recebe remuneração.

Na última quinta-feira (3), o governo anunciou mudanças na forma de remuneração para os depósitos efetuados na poupança a partir de 4 de maio passado, com uma nova regra válida quando a taxa básica de juros, a Selic, estiver em 8,5% ao ano ou menor do que esse patamar.

(Com informações da Agência Brasil)

Leia também