violação do direito a vida

PT denuncia no STF os vetos de Bolsonaro ao uso de máscaras

Legenda entrou questiona decisão do presidente da República de suspender uso de máscaras em espaços públicos
:: Agência PT de Notícias9 de julho de 2020 16:50

PT denuncia no STF os vetos de Bolsonaro ao uso de máscaras

:: Agência PT de Notícias9 de julho de 2020

O Partido dos Trabalhadores pediu ao Supremo Tribunal Federal que suspenda os vetos do presidente Jair Bolsonaro à lei que determina o uso de máscaras em espaços públicos. O partido entrou com uma arguição de descumprimento de preceito fundamental contra a decisão de Bolsonaro de vetar trechos da Lei 14.019.

O presidente proibiu a obrigatoriedade das máscaras em prisões e estabelecimentos de cumprimento de medidas socioeducativas, além de estabelecimentos comerciais, industriais, templos religiosos, instituições de ensino e locais fechados em que haja reunião de pessoas. O recurso foi apresentado pela presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR).

“A vida e a saúde da população estão em risco pelo emprego de prerrogativa constitucional para, de maneira completamente injustificada e injustificável, frear os avanços legislativos que visam proteger os cidadãos brasileiros, com base em fundamentos científicos”, alegam os petistas Jean Paul Prates (PT-RN) e Paulo Teixeira (PT-SP), que assinam a arguição de descumprimento de preceito fundamental, apresentada ao STF, com o advogado Eugênio Aragão.

O Brasil tem hoje mais de 1,7 milhão de pessoas infectadas pelo Covid-19, que já matou mais de 68 mil mortos, desde o início da pandemia. “É evidente que o momento vivenciado pela sociedade brasileira, a exemplo do restante do mundo, demanda a atuação imediata do Supremo Tribunal Federal ante o perigo da demora”, aponta o PT, no recurso ao STF. “A garantia à vida e à saúde dos cidadãos é reflexo direto da própria proteção à dignidade da pessoa humana, princípio fundamental expressamente consignado na Constituição”.

Confira a íntegra da matéria

Leia também