PT em defesa de Lula: “mexeu com ele, mexeu comigo”, diz Wellington

:: Da redação13 de dezembro de 2012 15:54

PT em defesa de Lula: “mexeu com ele, mexeu comigo”, diz Wellington

:: Da redação13 de dezembro de 2012

“Lula é meu amigo. Mexeu com ele, mexeu comigo”. A frase que está correndo as redes sociais foi um alerta feito pelo senador Wellington Dias (PT-PI), em pronunciamento ao Plenário, que resume o posicionamento da bancada petista que, em bloco, fez um desagravo ao ex-presidente na sessão desta quinta-feira (13). “Estamos diante de uma antecipação da disputa eleitoral de 2014”, denunciou Humberto Costa (PT-PE), em aparte à fala do senador piauiense.

Wellington classificou como “lamentáveis” as acusações repercutidas pela grande imprensa a Lula, com base em declarações do publicitário Marcos Valério, condenado a 44 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que tentam implicar o ex-presidente no chamado “mensalão”. “Tive o privilégio de conviver com Lula durante muitos momentos, não só agora, quando foi Presidente da República. É uma pessoa que dedicou toda a sua vida até agora às causas dos trabalhadores e do povo brasileiro”, testemunhou o senador.Humberto_m

Resgatando a trajetória de Lula — de refugiado da seca a liderança sindical, fundador de um dos maiores partidos políticos e presidente da República — Wellington destacou as profundas mudanças vividas pelo Brasil a partir do governo Lula. “A começar pela soberania”, lembrou o senador, citando a permanente intervenção do Fundo Monetário Internacional na política econômica brasileira em governos anteriores. “O que era a política social? Hoje nós temos a maior rede de proteção social dos países do mundo. E a economia? Hoje, mesmo na crise que o mundo enfrenta, o Brasil cresce e gera empregos”.

 

anaritab_m

Os senadores Eduardo Suplicy (SP), Lindbergh Farias (RJ) e Ana Rita (ES) também deram seu testemunho sobre o caráter, a honradez e a vida simples que leva o ex-presidente, “morador de um apartamento de classe média”, como destacou Humberto Costa. “Sabe Deus com que intenção se dá espaço na imprensa para que Valério faça essas acusações”, questionou Wellington.

“Na vida e na política, podemos ter divergências. E temos divergências porque temos democracia, e temos democracia também porque esse homem [Lula] ajudou na construção de um País com essa ampla liberdade”, lembrou Wellington. “Os ataques a Lula não são só a ele”, destacou Ana Rita, “mas a um projeto político que diminuiu sensivelmente a desigualdade social e melhorou a vida de milhões de brasileiros”.

suplicy

 

Eduardo Suplicy, que conhece Lula desde 1975, também relembrou a trajetória do ex-presidente e garantiu: “Nunca vi qualquer ação de Lula que ferisse a ética”.

Leia a íntegra do discurso do senador Wellington Dias e dos apartes dos demais senadores do PT

Leia mais:

Pinheiro: sem propostas, oposição prefere partir para ataques pessoais

 

Ao Le Monde, Dilma diz que foi Lula quem investiu contra a corrupção

PT ressalta legado de Lula. Lindbergh denúncia “campanha de ódio”

 

Jorge Viana e Anibal Diniz defendem Lula de ataques

 

Leia também