Retrospectiva

PT no Senado defendeu a democracia diante de arroubos autoritários do governo

Senadores reforçaram apoio a democracia diante de ataques autoritários promovidos por Bolsonaro e aliados em 2020. Presidente chegou a participar de atos que pediam o fechamento de outros poderes da República
:: Da redação9 de dezembro de 2020 10:54

PT no Senado defendeu a democracia diante de arroubos autoritários do governo

:: Da redação9 de dezembro de 2020

A bancada do PT no Senado se manifestou por diversas vezes ao longo do ano de 2020 em defesa da democracia. Esses posicionamentos foram necessários diante dos ataques promovidos por Bolsonaro e seus apoiadores que promoveram manifestações inconstitucionais que defendiam, entre outras coisas, o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal.

Bolsonaro chegou a sobrevoar a Esplanada dos Ministérios a bordo de um helicóptero militar para demonstrar apoio aos atos antidemocráticos.

No aniversário do Golpe de 64, diversos membros do governo Bolsonaro usaram as redes sociais para se manifestarem a favor do acontecimento que deixou o Brasil nas mãos da ditadura até 1985 e sem eleições diretas até 1989.

“É um absurdo que após 56 anos do golpe militar de 1964 ainda existam defensores de uma ditadura que mergulhou o Brasil nas trevas por 21 anos. Pior ainda é quando quem defende a ditadura, numa tentativa de reescrever a história, é o Presidente da República, justamente quem mais deveria zelar pela democracia”, criticou o senador Jean Paul Prates (PT-RN), na oportunidade.

 

Leia mais:

Senadores repudiam manifestações em favor do Golpe de 64

Leia também