liderança reconhecida

PT no Senado é destaque entre os “Cabeças do Congresso”

Os seis senadores da bancada do PT são citados em levantamento anual feito pelo Diap
:: Rafael Noronha17 de julho de 2020 11:12

PT no Senado é destaque entre os “Cabeças do Congresso”

:: Rafael Noronha17 de julho de 2020

A bancada do PT no Senado mais uma vez se destaca no levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) no qual aponta os parlamentares mais influentes do Congresso Nacional na pesquisa “Os Cabeças do Congresso”.

Rogério Carvalho (SE), líder da bancada, Humberto Costa (PE), Jaques Wagner (BA) e Paulo Paim (RS) figuram entre os 100 parlamentares mais influentes do parlamento brasileiro.

Jean Paul Prates (RN) e Paulo Rocha (PA) figuram na lista dos 50 parlamentares em ascensão, assim, reconhecidos pelo Diap como um dos 150 mais influentes do Congresso.

O Diap divide os parlamentares em grupos. O senador Rogério Carvalho aparece pela segunda vez no levantamento e é classificado como negociador.

Os negociadores, segundo o Diap, são parlamentares experientes e respeitados por seus pares, sabedores de seus limites de concessões, procuram previamente conhecer as aspirações e bases de barganha dos interlocutores para estabelecer sua tática de convencimento.

“É uma honra e ao mesmo tempo grande responsabilidade ser o único senador de Sergipe que ganhou destaque nesta pesquisa”, comemora Rogério Carvalho.

O senador Humberto Costa surge na lista como debatedor. De acordo com o Diap, debatedores são parlamentares ativos, atentos aos acontecimentos e principalmente com grande senso de oportunidade e capacidade de repercutir, seja no plenário, na imprensa ou nas redes sociais, os fatos políticos gerados dentro ou fora do Congresso. Essa é a 12º vez dele na lista.

Já o senador Jaques Wagner (PT-BA) surge como articulador pelo excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso. Essa é a décima vez na lista.

Paulo Paim aparece como formulador na lista do Diap por se dedicar à elaboração de textos com propostas para deliberação. Segundo o Diap, formuladores são juristas, economistas ou pessoas que se especializaram em determinada área, a ponto de formular sobre os temas que dominam.

Único parlamentar em todas as edições
Dos 100 parlamentares da 1ª edição da série os “Cabeças” do Congresso, em 1994, apenas um se manteve na lista em todos os 27 anos da publicação, demonstrando grande prestígio, influência e capacidade de articulação. Trata-se do senador Paulo Paim (PT-RS), que sempre fez parte da lista, tanto como deputado federal quanto como senador da República. Além de excelente trânsito entre seus pares, Paim, como é carinhosamente chamado pelos demais parlamentares, reúne habilidades que o credenciaram a exercer influência por mais de duas décadas consecutivas no Congresso Nacional.

 

Leia também